PUBLICIDADE
Topo

Casemiro salva o Real Madrid e marca dois em vitória dura contra o Sevilla

Casemiro comemora gol do Real Madrid contra o Sevilla - Getty Images
Casemiro comemora gol do Real Madrid contra o Sevilla Imagem: Getty Images
do UOL

Do UOL, em São Paulo

18/01/2020 13h50

O Real Madrid precisou jogar duro para conseguir a vitória contra o Sevilla, hoje, em pleno Santiago Bernabéu. Em jogo válido pelo Campeonato Espanhol, os visitantes deram muito trabalho, arriscaram sair na frente e tiveram gol anulado no VAR - o que gerou críticas contra o Real -, mas foi com Casemiro que os merengues garantiram os três pontos, deixando o clube à frente do Barcelona, que pode empatar na classificação em seu jogo de amanhã.

Casemiro brincou de ser atacante por diversas vezes contra o Sevilla, e em duas vezes botou a bola na rede: 2 a 1 para o Real Madrid.

O meio-campista brasileiro fez dois belos gols. O primeiro, aos 11 minutos do segundo tempo, veio de um passe genial de Jovic, de calcanhar. A tabela voltou para Casemiro, que deu uma cavadinha para abrir o placar.

Oito minutos depois, De Jong tabelou com Munir, driblou Militão e Casemiro e deu um tiro certeiro no canto de Courtois, voltando a deixar o clima tenso no estádio do Real.

Um respiro veio com o segundo gol de Casemiro, que recebeu um cruzamento de Carvajal na medida e marcou de cabeça. A partida ainda teve alguns chances de ambos os lados, mostrando que um empate era muito possível, além de um drible sensacional de Vinícius Júnior para cima de Koundé. O brasileiro entrou no segundo tempo.

"Creio que toda a equipe fez um bom trabalho contra um grande rival, muito complicado de jogar. Tivemos muitíssimo trabalho. Foram três pontos importantíssimos hoje", disse Casemiro, que elogiou as assistências que levaram aos seus gols. "Primeiro tive um passe de Jovic, que fui comemorar com ele, e Carvajal colocou a bola 'com a mão' na minha cabeça"

A polêmica da partida ficou para o lance do primeiro tempo que poderia ter colocado o Sevilla na frente. Banega cobrou esconteio e de Jong testou firme para o gol. No entanto, o VAR apontou uma falta de Gudelk em Militão, anulando a marcação original.

Com o resultado, o Real Madrid tem 43 pontos, contra 40 do Barcelona, segundo colocado. A equipe catalã joga amanhã contra o Granada. O Real volta a campo pelo Espanhol no dia 26 de janeiro, domingo, contra o Valladolid.

Esporte