PUBLICIDADE
Topo

Alexa Grasso pede desculpas para Claudia Gadelha e anuncia mudança de categoria

Ag. Fight

18/01/2020 13h19

Neste sábado (18) acontece o UFC 246, o primeiro card da companhia em 2020. No entanto, o evento sofreu uma baixa às vésperas de sua realização. O confronto entre Alexa Grasso e Claudia Gadelha foi cancelado porque a atleta mexicana falhou em seu compromisso com a balança e extrapolou o limite da categoria dos pesos-palha (52 kg) em 2,5 kg. Após o ocorrido, a lutadora da 'Lobo Gym MMA' quebrou o silêncio, pediu desculpas para rival brasileira e anunciou uma mudança significativa em sua carreira.

Através de suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), Grasso revelou que a mais nova falha com a balança foi o estopim para que ela decidisse mudar de divisão e migrar para os pesos-moscas (57 kg). De acordo com a mexicana, foi uma decisão conjunta dela e de sua equipe, a fim de evitar cortes de peso severos e melhorar sua condição física na véspera de seus combates.

"Quero me desculpar com a Claudia Gadelha e com o UFC. Sei que essa era uma luta que todos estavam esperando bastante, inclusive eu. Treinei muito duro para isso e fiz de tudo para perder esses quilos. A Comissão não permitiu nosso combate, mesmo que minha oponente e eu tivéssemos feito um acordo com a punição para mim. Os médicos não permitiram competir. Vocês não sabem o quão difícil tem sido me maner nssa categoria ultimamente. E não é falta de disciplina, porque mesmo sem luta, estou sempre em dieta. Fiz 26 anos e meu corpo não é mais o mesmo, o metabolismo está mudando", destacou Alexa, antes de anunciar a mudança.

"Meu time e eu decidimos que a coisa mais inteligente e saudável a se fazer é estar em outra categoria. Com todo o respeito e pesar no coração, me despeço da divisão dos pesos-palhas. Esse ano tem um objetivo novo para mim, e eu oficialmente estou subindo para os pesos-moscas. Sei que nessa categoria estarei mais saudável e forte, com todos os nutrientes que meu corpo precisa", completou a mexicana.

Jovem revelação do Ultimate com apenas 26 anos, Grasso sobe para uma categoria menos povoada e com um caminho, teoricamente, menos longo até o cinturão. Na divisão até 57 kg, Valentina Shevchenko reina atualmente soberana, sem adversária que representem um real desafio para a quirguistanesa.

 

Ver essa foto no Instagram

 

I want to apologize to Claudia Gadelha and the UFC I know this is a fight all were waiting a lot, including me. I trained very much for this and I did everything to lose those pounds. The commission did not allow our combat although my opponent and I agreed with the sanction this implied for me. The doctors did not allow me to compete. You don't know how difficult it has been lately to keep me in this weigh class. It was not a lack of discipline because even if I do not have a fight I'm ALWAYS on diet. I turned 26 and my body is not the same, I am growing and I am in this biological process where my metabolism is changing. I have lived in recent years to the limit of what a body needs to be healthy, and yet I have always fulfilled my obligations. Let's not talk about a flu or if my period is crossed because that added to the diet had made the weigh cuts a real suffering. I never complain or tell these things because I am not that kind of person and I always show you my best attitude. My team and I have decided that the smartest and healthiest thing to do is to be in other weigh class. With all the respect that it deserves and of course pain in my heart I say goodbye to the strawweight division 115 LB This year has a different goal for me and I officially move to Flyweight 125 LB I know that at this weight I will be healthier and stronger giving my body all the nutrients it needs. Thanks to all the people who support me, my Lobo team and my coaches who are with me every day and know that what I do is completely a commitment to my sport and my career. I start a new stage in my life!

Uma publicação compartilhada por Alexa Grasso (@alexa_grasso) em 17 de Jan, 2020 às 7:07 PST

Esporte