PUBLICIDADE
Topo

Internauta que ameaçou Mauro Cezar se retrata nas redes após ser intimado

O jornalista Mauro Cezar Pereira - Lucas Lima/UOL
O jornalista Mauro Cezar Pereira Imagem: Lucas Lima/UOL
do UOL

Do UOL, em São Paulo

17/01/2020 21h05

Um internauta que enviou ameaças via WhatsApp e outras redes sociais ao jornalista Mauro Cezar Pereira se retratou nas redes sociais após intimado a depor pela polícia. Em seu Twitter, o profissional divulgou o pedido de desculpas do torcedor e afirmou que "internet e aplicativos de mensagem não são terra de ninguém".

"Recebi uma ameaça, fiz Boletim de Ocorrência e foi instaurado inquérito. Intimada a depor, a pessoa mostrou arrependimento, se retratou e assumiu o compromisso de também fazê-lo pela rede social", escreveu Mauro Cezar, que é blogueiro do UOL Esporte.

"Existe em São Paulo a DRADE (Delegacia de Polícia de Repressão aos Delitos de Intolerância Esportiva), que combate a violência e agressões de diferentes tipos ligadas ao esporte. Quem comete um delito é chamado a depor e inquéritos podem instaurados. Internet e aplicativos de mensagens não são 'terra de ninguém'", continuou o jornalista.

O internauta intimado inicialmente havia desativado seu perfil no Twitter. Por isso, teve de criar nova conta para publicar a seguinte mensagem: "Eu, Robson peço desculpas ao jornalista @maurocezar pela ameaça que fiz a ele por intermédio do WhatsApp. Errei e quero me retratar. Aproveito para pedir a todos que não façam uso equivocado das redes sociais e dos aplicativos de mensagens como fiz. Foi um grave erro. Não o repitam".

Esporte