PUBLICIDADE
Topo

Vasco acena com proposta 'baixa' por Dedé e sofre com concorrências

do UOL

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

15/01/2020 04h00

Descartado pelo Cruzeiro em função do corte de gastos que o clube quer implementar, Dedé é sonho de consumo do Vasco neste mercado da bola, mas sua contratação, neste momento, é considerada difícil. O Cruz-Maltino acenou com uma proposta baixa se comparada ao que o zagueiro recebe na equipe mineira. Além disso, os cariocas ainda sofrem as concorrências de dois times da Série do A do Campeonato Brasileiro e de dois chineses.

O Vasco, inicialmente, está disposto a pagar cerca de R$ 200 mil por mês ao jogador. No Cruzeiro, Dedé recebe entre R$ 800 mil a R$ 850 mil, o que coloca o Cruz-Maltino numa situação muito distante em relação aos vencimentos do atleta.

Segundo apuração do UOL Esporte, os dois clubes brasileiros interessados acenam com uma oferta maior. Vale salientar que tanto o Vasco quanto as outras equipes nacionais e chinesas ainda não ofereceram propostas oficiais ao zagueiro. As conversas de seus empresários com as diretorias, porém, têm sido diárias.

Outro ponto que tem sido levado em consideração pelos clubes interessados é a condição física do jogador, que vem de lesões sérias nos últimos anos e passou por uma cirurgia no joelho direito em outubro do ano passado que o faz ainda estar em fase final de recuperação.

Dedé e Cruzeiro definem os detalhes de como será feita sua liberação. Se por rescisão amigável ou mesmo empréstimo, embora seja uma opção bem menos provável.

Vasco tem carência no setor direito da zaga

A contratação de Dedé é tratada no Vasco como fundamental para preencher o setor direito da zaga, que teve a baixa do titular Oswaldo Henríquez, que não renovou com o clube. Atualmente, a opção imediata é o contestado Werley, além do jovem recém-promovido Ulisses.

Miranda, que é capitão e destaque da equipe sub-20 na Copinha, também será aproveitado no time de cima após a competição, segundo informou o técnico Abel Braga. Ele atua nos dois lados.

Os outros zagueiros disponíveis jogam pela esquerda: Leandro Castan e Ricardo Graça.

O experiente Breno segue no departamento médico com problemas crônicos nos joelhos e não tem previsão de retorno.

Amigos, vídeo do Mercado de hoje:

Esporte