PUBLICIDADE
Topo

Red Bull avança em negócio por técnico português e tenta acordo com Rio Ave

Carlos Carvalhal, treinador português do Rio Ave - Divulgação/Rio Ave
Carlos Carvalhal, treinador português do Rio Ave Imagem: Divulgação/Rio Ave
do UOL

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

15/01/2020 08h30

Resumo da notícia

  • Red Bull avançou nas conversas para contar com Carvalhal. Após se reunir com Thiago Scuro, CEO do clube, ele sinalizou com uma resposta positiva
  • Tratativas entre brasileiros e o lusitano caminham para um desfecho feliz. O que emperra a negociação neste momento é a exigência do Rio Ave
  • Portugueses querem receber multa rescisória avaliada em um milhão de euros. Todavia, já informaram que estão dispostos a negociar a forma de pagamento

O Red Bull Bragantino avançou nas conversas para contar com Carlos Carvalhal em 2020. Após se reunir com Thiago Scuro, CEO do clube, ele sinalizou com uma resposta positiva e está disposto a se mudar para o Brasil no mercado da bola. Os paulistas, contudo, ainda tentam um acordo com o Rio Ave, de Portugal, para sacramentar o negócio.

O UOL Esporte apurou que as tratativas entre os brasileiros e o lusitano caminharam para um desfecho feliz nos últimos dias. O que emperra a negociação neste momento é a exigência do Rio Ave para a liberação do treinador. Os portugueses querem receber a multa rescisória avaliada em um milhão de euros (R$ 4,6 milhões). Todavia, já informaram que estão dispostos a negociar o valor e a forma de pagamento.

Carlos Carvalhal é o favorito do Red Bull Bragantino para o cargo deixado por Antonio Carlos Zago, que se acertou com o Kashima Antlers, do Japão. As conversas são conduzidas diretamente por Thiago Scuro. O dirigente esteve na Europa para se reunir com o treinador na última semana.

Carlos Carvalhal foi oferecido ao Atlético-MG em dezembro do ano passado. Os mineiros, no entanto, preferiram a contratação do venezuelano Rafael Dudamel para o cargo. As conversas se arrastaram até as vésperas do natal.

A pedida do português é de cerca de R$ 250 mil para acertar uma transferência para o futebol brasileiro. O valor está dentro dos novos padrões adotados pelo Red Bull Bragantino. Ele está disposto a romper o contrato com o Rio Ave e buscar um novo desafio na carreira.

Carvalhal não é o único nome avaliado pelo Red Bull Bragantino. O clube também estuda outros três nomes, conforme apurado pela reportagem do UOL Esporte. O português, contudo, é o predileto da cúpula neste momento.

Além de trabalhar em Portugal, onde comandou o Sporting, Carlos Carvalhal treinou também Besiktas e IIstambul BB, ambos da Turquia. Ele tem experiências na Inglaterra, à frente de Sheffield Wednesday e Swansea.

Esporte