PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Marcos Guilherme revela preparação na Arábia para atingir ápice no Inter

Marcos Guilherme foi apresentado como jogador do Internacional hoje - Ricardo Duarte/Inter
Marcos Guilherme foi apresentado como jogador do Internacional hoje Imagem: Ricardo Duarte/Inter
do UOL

Do UOL, em Porto Alegre

14/01/2020 13h03

Apresentado pelo Inter na manhã de hoje (14), Marcos Guilherme contou que se preparou fisicamente durante o período que esteve na Arábia Saudita. Para não sofrer com a baixa intensidade do futebol realizado no país, o meia-atacante de 24 anos contou com um grupo de profissionais especializados.

"Eu tenho fisioterapeuta que morou comigo na Arábia e virá para Porto Alegre. Também é preparador físico. Sabemos que na Arábia, pela questão climática só se treina de noite e a intensidade não é alta nos jogos. Como tenho sonhos e quero chegar num patamar alto, coloquei na cabeça e mesmo lá tinha fisioterapia, nutrição, suplementação, psicologia, para trabalhar a mente, aprendi com isso a cada ano e temporada. Tudo isso que montamos foi para estar aqui hoje, disputar o que temos para disputar. Eu precisaria estar preparado para isso. Me sinto muito pronto, tenho muito a preparar, evoluir, melhorar, mas estou pronto", contou o jogador.

Marcos Guilherme também manteve um analista de desempenho no estafe que o preparou de forma particular na Arábia Saudita.

O Inter comprou, de forma parcelada, 80% dos direitos do jogador, que assinou contrato até o fim de 2022.

"Quero salientar meu orgulho e minha alegria por estar aqui, quero agradecer a todos que participaram deste processo. Ao Inter, porque já estamos há algum tempo nesta tentativa. Agora deu certo e estou muito feliz e contente de voltar ao Brasil", disse. "A gente vê a dificuldade de quem volta da Arábia e da China. Coloquei na cabeça que não poderia sofrer com isso, me preparei fisicamente e chego com a ideia de fazer história no clube. Escolhi o Inter porque gostaria de jogar em algo nível, acompanhei muito o clube no ano passado, conheço a forma de jogar, a torcida, chego muito preparado", completou.

De cara, Marcos Guilherme se surpreendeu com a intensidade dos treinamentos de Eduardo Coudet, mas disse que suas características casam com os planos do treinador.

"Eu ainda não peguei nenhum treinador que dá essa intensidade, isso com certeza vai ser um diferencial para nossa equipe ao longo da temporada", revelou. "Sou um cara muito intenso, minha maior característica é a velocidade. Entendo que hoje em dia, o atacante tem que recompor, ajudar, isso pode ter certeza que não tenho problema algum. Gosto da parte tática e estou disposto a aprender com Coudet, comissão e jogadores mais importantes. Estou feliz e preparado para este novo desafio", completou.

Marcos Guilherme já está integrado ao grupo do Internacional que trabalha em pré-temporada. O Colorado inicia a trajetória de jogos oficiais de 2020 contra o Juventude, pelo Gauchão.

Esporte