PUBLICIDADE
Topo

David aguarda audiência de conciliação e espera acertar saída do Cruzeiro

Atacante David, do Cruzeiro, tenta a rescisão contratual por meio da justiça do trabalho - Vinnicius Silva/Cruzeiro
Atacante David, do Cruzeiro, tenta a rescisão contratual por meio da justiça do trabalho Imagem: Vinnicius Silva/Cruzeiro
do UOL

Enrico Bruno e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

14/01/2020 15h43

Resumo da notícia

  • David espera a audiência de conciliação marcada para 5 de fevereiro para deixar o Cruzeiro. Ele acionou a justiça e espera o encontro pela rescisão
  • Atacante teve o pedido de rescisão unilateral negado inicialmente. No entanto, foi marcada uma audiência de conciliação no início do próximo mês
  • David cobra cerca de R$ 1 milhão dos mineiros por atrasos em vencimentos, FGTS (Fundo de Garantia sobre Tempo de Serviço), férias e 13ª salário
  • Atleta de 24 anos foi indicado por Rogério Ceni ao Fortaleza. Ele tem uma oferta do clube e aguarda a rescisão para dar sequência às tratativas

David aguarda uma audiência de conciliação marcada para 5 de fevereiro para tratar a saída do Cruzeiro. O atacante acionou o clube na justiça trabalhista e espera o encontro para acertar o rompimento de seu contrato. Ele cobra cerca de R$ 1 milhão dos mineiros.

Ele ingressou com uma ação na 47ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte e teve o pedido de rescisão unilateral negado inicialmente. No entanto, foi marcada uma audiência de conciliação no início do próximo mês. A intenção do atleta e de sua defesa é acertar a quebra do acordo.

A informação sobre a negativa do pedido de tutela de David foi divulgada inicialmente pelo Globoesporte.com e confirmada pelo UOL Esporte com um membro de seu estafe.

David se queixa de atrasos em vencimentos, FGTS (Fundo de Garantia sobre Tempo de Serviço), férias e 13ª salário. O atacante, que tem contrato até dezembro de 2022, nem sequer comparece aos treinos na Toca da Raposa II.

O atleta de 24 anos foi indicado por Rogério Ceni ao Fortaleza. Ele tem uma oferta do clube e aguarda a possível rescisão contratual para retomar as tratativas que podem culminar em uma mudança para a capital cearense.

David sofreu com as críticas pelo desempenho durante a última temporada na Toca da Raposa II. O atacante fez 48 jogos e marcou apenas três gols no período.

Esporte