PUBLICIDADE
Topo

Como explicar namoro de jogador russo com neta de 17 anos de Boris Yeltsin?

Jogador de 29 anos e estudante de 17 são o casal mais midiático da Rússia no momento - Reprodução
Jogador de 29 anos e estudante de 17 são o casal mais midiático da Rússia no momento Imagem: Reprodução
do UOL

Do UOL, em São Paulo

14/01/2020 13h38

Resumo da notícia

  • Fedor Smolov, de 29 anos, namora Maria Yumasheva, de 17, diz a mídia russa
  • Ele é jogador do Lokomotiv de Moscou e disputou a Copa de 2018 pela seleção
  • Já ela é estudante e neta de Boris Yeltsin, primeiro presidente da história do país
  • Namoro rendeu polêmica. Ele é conhecido por relacionamentos com famosas
  • Duas mulheres eleitas como Miss Rússia já tiveram namoros com Smolov

Um assunto polêmico tem movimentado a imprensa da Rússia neste começo de ano: Fedor Smolov, atacante do Lokomotiv de Moscou e da seleção, e que completará 30 anos no mês que vem, assumiu relacionamento com a estudante Maria Yumasheva, de 17 anos. Ele é a neta mais jovem de Boris Yeltsin, o primeiro presidente da história do país. O casal improvável e midiático subirá ao altar assim que a garota atingir a maioridade, em abril.

A aproximação é assunto de emissoras de TV e portais russos desde 3 de janeiro, quando Smolov postou no Instagram uma foto em que Maria o abraçava, na companhia de outro casal em um local paradisíaco. Já havia uma desconfiança sobre o caso antes, pois ambos trocam comentários e emojis em publicações nas redes sociais. Agora o casal parou de se esconder. Segundo o "Sport Express", aliás, os dois já se conhecem há muito tempo, mas o jogador esperou que ela crescesse para se relacionarem.

O namoro é assunto não só pela óbvia fama de Maria Yumasheva, que nasceu em Londres, em 2002, e cresceu cercada pela mídia por causa da influência de seu avô e também da mãe, Tatyana Yumasheva, uma das mulheres mais poderosas da Rússia. Fedor Smolov também é um personagem relevante local. E não só pelas duas artilharias do Campeonato Russo no currículo ou da disputa da Copa do Mundo de 2018. O jogador de 29 anos também é conhecido pela vida fora dos gramados.

Gang gang #ooooweeee

Uma publicação compartilhada por Fedor Smolov (@smolovfedor_10) em

Smolov teve outros namoros midiáticos. Um deles com Victoria Lopryeva, uma modelo e apresentadora sete anos mais velha, que tinha sido Miss Rússia 2003 e teve um romance durante quatro anos com o jogador. Depois, ele ainda se relacionou com a influenciadora digital Miranda Shelia, a empresária Yulia Levchenko e a estilista Sofia Nikitchuk, que foi Miss Rússia em 2015. Todos os casos foram exaustivamente exibidos pela mídia russa e criaram um modo como o jogador é conhecido: "Fedor troca namoradas como troca luvas".

O fato de aparecer sempre na imprensa graças aos relacionamentos e não ao potencial esportivo já atrapalhou a carreira, disse Smolov. O jogador disse que já teve um período de abstinência sexual por decisão própria: "Meus problemas são por causa delas (as namoradas). É melhor um ano sem sexo do que um ano sem gols. Se você parar de marcar precisa tentar alguma coisa para mudar isso."

A diferença de idade com Maria Yumasheva, a nova namorada, não é vista como um problema pelos familiares de ambos. Há até relatos de que o casamento será na Ilha de São Bartolomeu, território francês no Caribe.

Smolov divide com Baumgartlinger, do Bayer Leverkusen, em jogo da Liga dos Campeões em novembro de 2019 - Dimitar Dilkoff/AFP
Smolov divide com Baumgartlinger, do Bayer Leverkusen, em jogo da Liga dos Campeões em novembro de 2019
Imagem: Dimitar Dilkoff/AFP

E no futebol...

Fedor Smolov é um jogador inconstante. Ele começou no Dinamo de Moscou como promessa, frequentou categorias de base da seleção russa, mas demorou a se firmar. Passou por empréstimo em Feyenoord-HOL, Anzhi e Ural, quando se destacou com oito gols em uma campanha de fuga do rebaixamento e foi contratado pelo Krasnodar. Lá, desabrochou e passou a ser convocado pela seleção principal, com duas artilharias e uma vice-artilharia do Russo. Em agosto de 2018 acertou com o Lokomotiv.

O atacante esteve no elenco russo da Copa do Mundo de 2018, mas não fez gols e teve pouco destaque. Pelo contrário, ele foi criticado e se envolveu em polêmica ao responder rispidamente um torcedor que disse que "desse jeito nem o West Ham vai te contratar" no Instagram.

O Espanyol, da Espanha, demonstrou interesse pelo atacante nesta janela de transferências de janeiro. Ainda pode dar negócio.

Esporte