PUBLICIDADE
Topo

Liverpool bate Salzburg, avança em 1º na Champions e respira para o Mundial

Salah comemora após marcar pelo Liverpool contra o Salzburg - John Sibley/Reuters
Salah comemora após marcar pelo Liverpool contra o Salzburg Imagem: John Sibley/Reuters
do UOL

Do UOL, em São Paulo

10/12/2019 16h45

O Liverpool venceu o RB Salzburg por 2 a 0 hoje, na Áustria, e se classificou para as oitavas de final da Liga dos Campeões. O time inglês correu risco de ser eliminado na última rodada, mas os gols de Keita e Salah trouxeram a vaga, a primeira colocação do grupo e, consequentemente, uma dose de tranquilidade para a equipe que estreará no Mundial de Clubes no dia 18.

O Napoli superou o Genk por 4 a 0 no mesmo horário, de modo que o Liverpool deve a liderança do Grupo E à vitória sobre o Salzburg. Se os ingleses tivessem empatado com os austríacos, teriam ficado com a segunda posição; se tivessem perdido, poderiam não se classificar. Felizmente para Klopp, o resultado ideal para os Reds foi conquistado hoje.

Depois de 45 minutos tensos, nos quais o Salzburg pressionou ofensivamente, o alívio vermelho enfim veio aos 11 do segundo tempo. Mané ganhou na velocidade pela esquerda e fez o levantamento para Keita, que cabeceou para a rede. Uma vez inaugurado o placar, a missão ficou mais fácil.

Afinal, aos 13, Salah recebeu lançamento do campo de defesa, arrancou diante da marcação, driblou o goleiro e seguiu para a direita, em direção ao escanteio. Praticamente sem ângulo, o atacante egípcio ergueu a cabeça e finalizou para o gol com uma precisão impressionante.

Os gols dissiparam a tensão, mas o Salzburg havia começado o jogo disposto a mostrar que queria a vaga nas oitavas e, por isso, partiu para cima logo no primeiro minuto. Do outro lado, porém, havia Van Dijk. O zagueiro holandês fez duas interceptações cirúrgicas nos primeiros 60 segundos.

Os Reds reagiram em contra-ataque que terminou com passe de Firmino para Mané. O senegalês ajeitou o corpo e a bola e chutou colocado, à esquerda do gol. Pouco mais de 10 minutos depois, ele voltou a tentar pelo lado esquerdo, mas, desta vez, Stankovic espalmou a finalização.

Eleito melhor goleiro do mundo em 2019 na premiação da Bola de Ouro, Alisson também fechou o gol do outro lado. Aos 20 do primeiro tempo, segurou o chute de Hwang; três minutos depois, o brasileiro defendeu, em dois tempos, a finalização rasteira de Haalang.

Vale destacar que Keita e Salah, os heróis do Liverpool, tiveram parceria no primeiro tempo, mas também desperdiçaram oportunidades. Aos 29, o egípcio foi servido pelo guineense e chutou para fora. Aos 45, Salah lançou, e Keita chutou de três dedos para defesa de Stankovic.

O Liverpool não demorou para abrir vantagem com Keita e Salah no segundo tempo, mas levou um susto nos primeiros cinco minutos. O jovem Haaland, de 19 anos, adiantou a bola, ganhou de Alexander-Arnold na correria e acertou a rede, mas pelo lado de fora.

Esporte