Topo

Perrella volta a criticar T. Neves; Adilson e Fred também comentam situação

do UOL

Do UOL, em Belo Horizonte

02/12/2019 23h33

O gestor de futebol do Cruzeiro, Zezé Perrella, voltou a criticar a postura do meia Thiago Neves, afastado do clube por ter ido a uma festa no último domingo. Após a derrota de 1 a 0 para o Vasco, Perrella voltou a fazer declarações fortes em relação ao camisa 10.

"Está mais que tranquilo esse episódio. Todos os jogadores sabem o que ele fez, não expôs só ele, mas todo o grupo. Conversei com todos eles, não fui questionado por ninguém. O grupo está fechado, gostam dele, mas sabem a merda que ele fez", iniciou.

"Eu iria tomar essa decisão quando? Jogador tem que aprender a ser profissional. Jogador de futebol está abaixo da diretoria. Eu me senti afrontado, pedi a ele e acho que ele fez isso (ir à festa) até para me afrontar Será multado, estou olhando com o departamento jurídico", acrescentou.

Em sua entrevista coletiva, o técnico Adilson Batista também foi questionado sobre o assunto. Apesar de palavras mais amenas, o comandante também fez sua crítica particular ao jogador.

"Soube disso à tarde, eu sou funcionário do clube, preciso respeitar. Não vou me envolver, acato a decisão que a diretoria faz em prol do clube. O atleta precisa ser profissional, eu quero respeito pelo Cruzeiro, é o mínimo que o torcedor espera. A fase não é boa, vamos tentar recuperar. Entendo a diretoria, faz parte, é um processo que precisamos melhorar, questão de educação e cultura por parte de todos", falou Adilson.

Por fim, Fred, que é amigo pessoal de Thiago Neves, também foi perguntado sobre o assunto, mas foi econômico nas palavras e disse que o elenco está fechado para tentar evitar o rebaixamento.

"Nós tivemos tantas polêmicas no ano. Eu, experiente, vivido no futebol, tenho pedido para todo mundo se blindar dessas coisas que expõem a gente, nossa família, jogadores. É ruim para todo mundo. Mas aqui dentro do vestiário a gente está fechado, dando a vida. É esse o pensamento para sair dessa", falou o atacante.

Esporte