Topo

Messi conquista Bola de Ouro da "France Football" pela 6ª vez na carreira

02/12/2019 17h52

Paris, 2 dez (EFE).- O atacante argentino Lionel Messi, do Barcelona, venceu nesta segunda-feira o prêmio Bola de Ouro, entregue pela revista "France Football" e deixou para trás o atacante português Cristiano Ronaldo, da Juventus, com quem dividia a liderança histórica da honraria.

O astro, que no ano passado não havia conseguido figurar entre os três primeiros pela primeira vez após 11 edições consecutivas, juntará o troféu recebido em Paris hoje, aos conquistados em 2009, 2010, 2011, 2012 e 2015. CR7, por sua vez, segue com as vitórias obtidas em 2008, 2013, 2014, 2016 e 2017.

Vale lembrar que a Bola de Ouro foi entregue apenas pela "France Football" entre 1956 e 2009. Depois disso, entre 2010 e 2015, a premiação foi feita em conjunto com a Fifa. A publicação voltou a realizar a cerimônia sozinha a partir de 2016.

Neste ano, Messi já havia conquistado o prêmio The Best, organizado pela Fifa. Individualmente, foi campeão espanhol e ajudou o Barcelona a alcançar às semifinais da Liga dos Campeões. Além disso, foi o ganhador da Chuteira de Ouro, entregue ao principal artilheiro dos campeonatos europeus.

Nas últimas horas, nas redes sociais, a revista divulgou os 30 melhores do ano, ainda antes do início da solenidade de entrega dos prêmios. Por fim, restaram Messi, o zagueiro holandês Virgil Van Dijk, do Liverpool, que ficou em segundo; Cristiano Ronaldo; e o atacante senegalês Sadio Mané, também dos Reds, que ficou em quarto.

Alisson, outro jogador do campeão europeu, que venceu o prêmio Lev Yashin, de melhor goleiro do ano, terminou na sétima colocação e foi o melhor entre os nascidos no Brasil. O atacante Roberto Firmino, mais um representante do Liverpool, ficou em 17º.

O terceiro jogador do país pentacampeão mundial no 'top-30' é o zagueiro Marquinhos, do Paris Saint-Germain, que terminou em 28º lugar. EFE

Esporte