Topo

Drogba brilha como apresentador da Bola de Ouro e pede perdão a Mbappé

do UOL

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo

02/12/2019 18h47

Sim, Lionel Messi ganhou a Bola de Ouro pela sexta vez na carreira. Alisson faturou o inédito prêmio de melhor goleiro do mundo da France Football. Mas o dono da noite em Paris foi um ex-jogador. Didier Drogba, ídolo do Chelsea, recebeu a responsabilidade de apresentar a cerimônia mais importante do futebol e esbanjou bom humor e carisma no Teatro Chatelet.

O ex-atacante marfinense dividiu o palco com Sandy Heribert, uma famosa apresentadora francesa, e arrancou risadas da plateia o tempo todo. A primeira piada foi para anunciar a estreia do Troféu Yashin, destinado ao melhor goleiro. Drogba reproduziu os gestos que fazia ao comemorar gols e disse que esse novo prêmio era uma forma de recompensar as inúmeras vezes em que castigou os goleiros ao longo de sua carreira.

Logo em seguida, Drogba foi até um púlpito no canto do palco e buscou um par de chuteiras. Disse estar com vontade de voltar a jogar e brincou ao convidar os atletas presentes para disputar uma pelada após a premiação.

Quando os vencedores dos prêmios da France Football em 2018 foram chamados para o palco, Drogba voltou a brilhar. Depois de saudar Luka Modric e Ada Hegerberg, Bolas de Ouro, o marfinense se dirigiu a Kylian Mbappé, que havia sido eleito o melhor jogador sub-21 entre os homens no ano passado. A intenção era pedir desculpas ao craque do Paris Saint-Germain.

"Uma vez, pelo Chelsea, recebi de um conhecido o pedido para tirar a foto com um garotinho de uns dez anos após um jogo de Liga dos Campeões, contra o Barcelona. O problema é que perdemos aquele jogo e eu saí irado, sem querer falar com ninguém, deixando aquele garoto sem a foto. Anos depois, soube que o garoto era Mbappé", contou, envergonhado.

Mbappé balançou a cabeça para confirmar a história, deu risada e aceitou tirar uma selfie ao lado de Drogba, com a plateia de fundo. O garoto ainda aproveitou para dizer, em tom bem-humorado, que o episódio na infância o fez aprender a sempre atender às crianças que o pedem fotos.

O show de Drogba continuou com uma brincadeira envolvendo Zlatan Ibrahimovic. Para ele, o sueco deve estar entre os finalistas da Bola de Ouro: "Espero você no ano que vem, Zlatan!". O ex-atacante também riu das vezes em que achou que poderia ganhar o prêmio e só chegou "um pouco perto".

O ato final foi durante a entrega da bola de Ouro a Messi. Drogba buscou duas cadeiras comumente utilizada por diretores de cinema — uma delas com o nome do argentino bordado em dourado — e as posicionou de costas para a plateia. Um telão desceu para exibir lances de Messi em 2019 e os dois assistiram a tudo lado a lado. A apresentadora Sandy Heribert brincou e ofereceu pipoca para a dupla, que gargalhou.

Esporte