Topo

Processo de readmissão da federação russa é suspenso pela World Athletics

22/11/2019 17h32

Redação Central, 22 nov (EFE).- O processo de readmissão da federação de atletismo da Rússia pela World Athletics (novo nome da IAAF), foi suspenso nesta sexta-feira, após o surgimento de acusações contra dirigentes, entre eles, o presidente da entidade nacional, Dmitry Shlyakhtin, de obstruir uma investigação.

A Unidade de Integridade do Atletismo, órgão independente da entidade internacional, estava avaliando a situação do saltador em altura Danil Lysenko, vice-campeão mundial, em 2017, que teria descumprido com a obrigação de estar permanentemente localizável para passar por um controle antidoping a qualquer momento do ano.

Shlyakhtin, o diretor-executivo da federação russa, Alexander Parkin, e o técnico do atleta, Evgeniy Zagorulko, foram acusados de apresentar explicações e documentos falsos para justificar o fato de Lysenko não revelar o paradeiro.

A federação russa de atletismo está suspensa como membro da World Athletics desde novembro de 2015, pela cumplicidade com o esquema de doping sistemático de atletas e vinha sendo vigiada sobre o cumprimento de todos os requisitos exigidos pela entidade internacional para a readmissão.

O Conselho Diretor da antiga IAAF também decidiu nesta sexta-feira, em Mônaco, congelar o processo em que decidia sobre a reabilitação individual de alguns atletas russos, que poderiam competir sob bandeira neutra em competições internacionais. EFE

Esporte