Topo

Jesus recorda aviso de quando fechou com Flamengo: "final da Libertadores"

Everton Ribeiro e o técnico Jorge Jesus, do Flamengo, em coletiva na véspera da final da Libertadores - Leo Burlá / UOL
Everton Ribeiro e o técnico Jorge Jesus, do Flamengo, em coletiva na véspera da final da Libertadores Imagem: Leo Burlá / UOL
do UOL

Leo Burlá e Rodrigo Mattos

Do UOL, em Lima (PER)

22/11/2019 19h34

Na entrevista coletiva da véspera da final da Copa Libertadores, Jorge Jesus, técnico do Flamengo, relembrou da "profecia" feita quando decidiu aceitar o desafio de treinar o clube.

O português disse que se lembrou de sua fala após o desfecho da negociação e ressaltou a oportunidade de levantar um troféu desejado pelo clube há 38 anos:

"No almoço que nós tivemos, disse: preparem as malas que vamos trabalhar no Brasil e vamos ser finalistas da Libertadores. Estamos transportando toda nossa ideia desde lá. Com muita confiança, vamos jogar. Com mais experienciará na competição que nós mas isso não nos assusta. Sabemos do nosso valor".

Assim como Marcelo Gallardo, Jesus também adiantou a escalação que entra em campo amanhã (23), às 17h, no Monumental de Lima. Sem desfalques, o time será aquele considerado titular: Diego Alves, Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Arão, Gerson, Everton e Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol

"Amanhã, se não acontecer nada, a equipe que vamos lançar é que a mesma que vinha jogando a jogar. Não há muito a esconder quando esta escalação é a que dá mais segurança. Quando chegamos a uma final da Libertadores, competição tão importante quanto Champions e Liga Europa, esses momentos são importantes", acrescentou.

Esporte