Topo

Chile tem retorno conturbado do futebol em meio à crise social

22/11/2019 14h52

Santiago, 22 Nov 2019 (AFP) - O futebol chileno teve nesta sexta-feira um conturbado retorno após cinco semanas de suspensão devido à crise social, com o jogo entre Unión La Calera e Iquique tendo que ser interrompido por incidentes com torcedores organizados.

Os torcedores do La Calera haviam ameaçado impedir a disputa da partida em respaldo às manifestações sociais no país que já duram cinco semanas e resultaram em 22 mortos até agora.

Por este motivo, a partida foi levada para o estádio Municipal de La Florida, ao sul de Santiago.

Enquanto era disputado o segundo tempo, um grupo de torcedores do popular Colo Colo, que se mobilizam para impedir o reinício do campeonato nacional, forçaram entrada no estádio e lançaram pedras ao campo, obrigando o árbitro a suspender a partida.

Embora a polícia tenha conseguido retirar os invasores do estádio, a federação chilena optou por não reiniciar a partida por motivos de segurança.

Caso a rodada do Campeonato Chileno continue a ser disputada, a Universidad Católica poderá se sagrar campeã se vencer no domingo o Audax Italiano e o Colo Colo perder no sábado para o Coquimbo Unido.

msa/pa/am

Esporte