Topo

Sneijder diz que poderia ter alcançado nível de Messi e Cristiano Ronaldo

Jamie McDonald/Getty Images
Imagem: Jamie McDonald/Getty Images
do UOL

Do UOL, em São Paulo

21/11/2019 09h58

O holandês Wesley Sneijder, aposentado desde agosto, fez um balanço de sua carreira e diz que a falta de foco no futebol o impediu de alcançar um destaque semelhante ao de estrelas como Messi e Cristiano Ronaldo.

Em entrevista à Fox Sports holandesa, o ex-meia de 35 anos revelou que a vida fora de campo - que não foi ignorada durante o período de atleta - fez com que ele não atingisse o ápice.

"Eu tenho que ser honesto comigo mesmo. Se eu estivesse 100% comprometido, teriam lembrado de mim no nível de Messi e Cristiano. Tenho certeza disso. Não é que eu não pudesse fazer isso, simplesmente não me apetecia. Preferi curtir minha carreira dentro e fora de campo. Ganhei tudo o que podia ganhar, então não me arrependo".

Os títulos de Sneijder, carrasco da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2010, confirmam a declaração do craque.

Ao todo, foram conquistas com Ajax, Real Madrid, Inter de Milão e Galatasaray - Sneijder ainda atuou pelo Nice e pelo Al-Gharafa no fim da carreira. Alguns títulos importantes foram o Campeonato Espanhol 2007/2008 - quanto atuava pelo Real - e a Liga dos Campeões 2009/2010 - já com a camisa da Inter.

Na seleção, alcançou o histórico vice-campeonato da Copa do Mundo com a Holanda, justamente em 2010.

Aquele ano, inclusive, teve um fim com gosto amargo para o holandês. Segundo ele, o prêmio de melhor jogador do mundo poderia ser dele - na ocasião, o vencedor foi Lionel Messi.

"Já se passaram quase dez anos e as pessoas ainda vêm me dizer que eu deveria ter vencido a Bola de Ouro em 2010", falou ele na entrevista à emissora.

Esporte