Topo

Palmeiras é campeão sub-15, mas perde no sub-17 mesmo com retorno de Veron

Verón retornou após a Copa e defendeu o Palmeiras contra o São Paulo - Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
Verón retornou após a Copa e defendeu o Palmeiras contra o São Paulo Imagem: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
do UOL

Do UOL, em São Paulo

20/11/2019 13h44

O Palmeiras continua com destaque nas categorias de base. Nesta quarta-feira (20), em rodada dupla no Estádio do Pacaembu, o Alviverde foi campeão do Paulista do sub-15, em cima do Santos, e vice-campeão do sub-17, com derrota nos pênaltis para o São Paulo, em jogo que terminou em briga e teve muita reclamação contra a arbitragem.

Os garotos mais jovens venceram o Santos por 5 a 0 e tiveram a incrível campanha coroada com o troféu. Foram 24 vitórias, quatro empates, duas derrotas, 107 gols marcados e somente 21 sofridos. É a quarta final consecutiva, com três triunfos.

Na final do Estadual sub-17, o Palmeiras venceu o São Paulo por 4 a 2 após a derrota por 2 a 0 no jogo de ida e levou a decisão para os pênaltis. Nas cobranças, o Alviverde perdeu por 7 a 6. Em junho deste ano, as duas equipes já tinham ido para a disputa de pênaltis nas quartas de final do Brasileirão da mesma categoria. Na ocasião, o Tricolor também saiu vencedor.

O Palmeiras teve o reforço dos atletas que foram campeões da Copa do Mundo no domingo: Garcia, Renan, Henri e Veron, eleito bola de ouro da competição. O destaque do jogo, no entanto, ficou por conta de Gabriel, camisa 9, que fez três gols e uma assistência.

O clássico chegou a ter momentos de tensão após o gol são-paulino, com direito a comemoração em frente ao banco de reservas adversário, confusão e expulsão de mais de um palmeirense. Após a disputa dos pênaltis, também houve briga.

Apesar da derrota, a temporada de 2019 já é histórica para as categorias de base do Palmeiras. O Paulista sub-15 foi o 31º título do ano, marca que ainda pode aumentar com campeonatos como o sub-20, que tem sua primeira partida da final marcada para hoje. O total já superou o recorde anterior de 23 troféus estabelecido em 2018.

Esporte