Topo

Rubro-negro troca viagem por sogra e amigos levam sua réplica de PVC a Lima

Leonardo (esq.) e Anderson (dir.) com a réplica de Wagner, que ficou no Rio para cuidar da sogra - Arquivo Pessoal
Leonardo (esq.) e Anderson (dir.) com a réplica de Wagner, que ficou no Rio para cuidar da sogra Imagem: Arquivo Pessoal
do UOL

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

20/11/2019 16h00

Resumo da notícia

  • Torcedor do Flamengo desistiu de viagem para Lima por conta de sua sogra, que tem Alzheimer
  • Os amigos que foram para o Peru, então, resolveram homenageá-lo e imprimiram uma "réplica" do torcedor em tamanho natural e a carregam por Lima
  • Flamenguista gostou e ficou emocionado com a surpresa proporcionada pelos amigos

O que você faria pela sua sogra? O torcedor do Flamengo Wagner Haddad, por exemplo, desistiu de viajar a Lima para assistir a final da Copa Libertadores, contra o River Plate, em prol da mãe de sua esposa, que sofre de Alzheimer. Porém, se engana quem diz que ele não estará na capital peruana. Se não pode estar de corpo presente, ao menos sua "réplica" em tamanho natural já está lá na cidade que receberá a decisão da competição continental.

"Comovidos" com a história, os amigos de Wagner, que estão sempre juntos nos jogos do Flamengo no Maracanã, resolveram imprimir uma espécie de "boneco" gigante com a foto do torcedor e estão o levando para diversos lugares no Peru: bares, restaurantes, pontos turísticos, avião...Por onde encontrarem essa turma de rubro-negros do bairro do Méier, na Zona Norte do Rio de Janeiro, podem ter a certeza: a "réplica" de Wagner estará presente.

Eles, inclusive, prometem levá-la para o estádio Nacional, palco da final deste sábado (23).

"Ele (Wagner) foi em todos os jogos com a gente no Maracanã e também no jogo contra o Grêmio, no Sul (semifinal).Só que neste ele não pôde vir, então resolvemos fazer essa estátua dele. Está o maior sucesso essa estátua aqui (risos)", se diverte Leonardo Ribeiro, que posou para fotos com o a réplica junto com o amigo Anderson Oliveira.

Wagner disse que a mudança da final de Santiago (CHI) para Lima (PER), por conta dos problemas sociais vividos no Chile, foi crucial para que ele desistisse da viagem.

"Minha sogra tem Alzheimer. Depois que teve a mudança, fiquei esperando um pouco para ver, mas era muito tempo para ficar fora de casa, minha esposa também trabalha e não dava para deixá-la sozinha (a sogra). Se eu fosse, tinha que ser no esquema bate-volta, então fiquei postergando e até achei passagem, mas os preços estavam absurdos. Os mais acessíveis eram para ir no início da semana como eles foram (os amigos), mas para mim não dava", disse ao UOL Esporte.

"Réplica" de Wagner com as aeromoças que partiram do Rio de Janeiro para Lima - Arquivo Pessoal
"Réplica" de Wagner com as aeromoças que partiram do Rio de Janeiro para Lima
Imagem: Arquivo Pessoal

O torcedor rubro-negro, porém, gostou da homenagem dos amigos e revelou que tudo foi feito de maneira surpresa, com ele descobrindo somente quando recebeu as fotos no Whatsapp.

"Eu soube quando mandaram fotos já embarcando. Minha mulher já sabia, mas não me contou (risos). Foi bom demais. Homenagem maneira para caramba. Fiquei emocionado e segurei a onda no trabalho (risos)", declarou.

O sucesso que sua réplica já começa a fazer em Lima desperta a curiosidade de como será sua recepção no próximo jogo do Flamengo no Maracanã.

"Vai ser engraçado. Na verdade como nossa galera fica sempre no mesmo lugar na arquibancada do Maracanã, na coluna 42, entre a Urubuzada e a Fla-Manguaça (organizadas), a gente já é até meio conhecido, mas vai ser engraçado", disse Wagner sobre seu grupo que vai junto aos jogos do Flamengo há anos e que nas partidas fora, quando não viajam, se reúnem no bar "Bobô", no Méier (RJ).

Longe de parte de sua turma que está em Lima, Wagner se reunirá em um churrasco para assistir a final deste sábado com os que ficaram no Rio de Janeiro. E ele está confiante:

"Eu estou confiante. Esse time passa uma confiança muito grande. Eu, particularmente, acho que esse time gosta e cresce em jogos grandes e importantes".

Esporte