Topo

Para Casão, técnicos brasileiros 'têm ciúmes' de Jorge Jesus

Jorge Jesus, do Flamengo, durante clássico contra o Fluminense - Thiago Ribeiro/AGIF
Jorge Jesus, do Flamengo, durante clássico contra o Fluminense Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF
do UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

19/11/2019 15h18

Para Walter Casagrande, os técnicos brasileiros 'têm muito ciúme' de Jorge Jesus. Revendo, durante o Globo Esporte SP desta terça-feira, a entrevista do português após a vitória do Flamengo sobre o Grêmio - quando rebateu criticas de treinadores - o comentarista exaltou o trabalho de J. Jesus e mandou um recado para os críticos do comandante rubro-negro.

"Têm muito ciúmes, desde quando ele chegou. Com o Sampaoli, foi a mesma coisa. Primeiro, todos eles (técnicos brasileiros) falaram que não são maus treinadores. Realmente, não pode diminuir os trabalhos que os treinadores brasileiros fazem. O Argel (técnico do CSA) falou que quem trouxe o futebol para cá foi Charles Miller... A seleção de 70 já jogava assim, não é novidade. Então, por que esses times não jogam igual ao do Flamengo? Por que o Argel não põe o time dele para jogar igual ao do Flamengo?", questionou o ex-jogador.

"O Renato falou que tem R$ 160 milhões...", interrompeu o apresentador Felipe Andreoli, recordando uma declaração de Renato Gaúcho, técnico do Grêmio, ironizando o português.

"Mas o Renato estava ganhando até agora. Agora que apareceu o Jesus, pede R$ 160 milhões? Gente, tem que ter calma. É o seguinte: O Sampaoli é um grande treinador, o Jesus também. Estão fazendo um ótimo trabalho no Brasil. Os outros treinadores brasileiros são bons? São ótimos. Ganharam Campeonatos Brasileiros, já ganharam Libertadores. Agora, tem uma coisa que não dá para discutir: O time do Flamengo joga muito melhor do que todos os outros times brasileiros. Ele está resgatando o futebol brasileiro. Então, é isso que tem que pegar. Para de reclamar, trabalha e põe o time para atacar que ninguém vai falar nada", completou Casão.

Líder do Campeonato Brasileiro, o Flamengo encara o River Plate na final da Libertadores neste sábado, às 17h, em Lima (PER).

Esporte