Topo

Globo aposta em “Fla é o Brasil” e envia 50 jornalistas para final em Lima

Galvão Bueno será o narrador da transmissão da Globo - Divulgação/TV Globo
Galvão Bueno será o narrador da transmissão da Globo Imagem: Divulgação/TV Globo
do UOL

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

19/11/2019 19h03

O retorno do Flamengo a uma final de Libertadores 38 anos depois fez com que o Grupo Globo, um dos detentores dos direitos de transmissão da competição no Brasil, envolvesse 50 jornalistas na cobertura da partida, que acontecerá em Lima, no Peru. O time rubro-negro vai encarar o River Plate, da Argentina, no sábado, às 17h (de Brasília), na luta pelo bicampeonato.

Na Globo, o pré-jogo terá início às 16h10 com Roger Flores, Petkovic e Alex Escobar, além da equipe que, a partir das 17h, vai conduzir a partida: Galvão Bueno, Junior e Casagrande. Vale ressaltar que o confronto também acarretou mudanças na grade, uma vez que 'Sai de Baixo' e 'Éramos Seis' não serão exibidos.

No SporTV, canal pago, e site do "Globo Esporte", o esquente começará mais cedo, às 15h20, com Gustavo Villani, Paulo Nunes e Lédio Carmona. Da capital peruana, os repórteres André Gallindo, Eric Faria, Gabriela Moreira, Guido Nunes, Julia Guimarães e Kiko Menezes farão entradas ao vivo com informações sobre a final e movimentação nos arredores do estádio.

Para o Rio de Janeiro, cidade do Flamengo, o "Globo Esporte" terá dias especiais. Amanhã (20), vai acompanhar a saída da delegação rubro-negra do Ninho do Urubu e o embarque para Lima e, além disso, terá matérias especiais nos próximos dias. No dia da decisão, mostra um bate-papo do comentarista Junior com Zico, no qual relembram as históricas conquistas da Libertadores e do Mundial em 1981.

No SporTV, o 'Redação SporTV' e o 'Seleção SporTV', dois programas tradicionalmente exibidos de segunda-feira a sexta-feira, terão edições especiais no sábado. Na sexta, o quadro "Boteco com Escobar", do "Seleção SporTV", receberá Adílio, Mozer e Tita, que campeões mundiais com o Flamengo em 1981.

Esporte