Topo

Sucesso ou "roubada"? Super Mundial de Clubes divide opiniões de blogueiros

A partir de 2021, 24 times vão brigar pelo troféu do Mundial de Clubes - Etsuo Hara/Getty Images
A partir de 2021, 24 times vão brigar pelo troféu do Mundial de Clubes Imagem: Etsuo Hara/Getty Images
do UOL

Do UOL, em Santos (SP)

16/11/2019 16h36

Resumo da notícia

  • Mundial de Clubes passará a ser disputado a cada quatro anos
  • Torneio da Fifa ainda contará com 24 equipes a partir de 2021
  • Será que esse novo formato do Mundial de clube vai 'pegar'?
  • Rizzo: "Vai ficar um 'buraco' entre os torneios na América do Sul"
  • Perrone: "Precisa de anos sendo disputado com mesmo regulamento"

A China será palco, em 2021, do primeiro 'Super Mundial' de clubes, torneio que renovará o formato da competição da Fifa a começar pelo número de participantes: 24 times. A princípio, os europeus têm oito lugares garantidos, enquanto a América do Sul possui seis - a Conmebol ainda busca mais duas vagas.

Ásia, África e Concacaf (Américas do Norte e Central) levarão três times cada. A Oceania, por sua vez, enviará uma equipe. Todos os representantes serão definidos pelas respectivas confederações.

Outra novidade impactante é que o torneio passará a ser disputado a cada quatro anos, assim como a Copa do Mundo de seleções, e não mais anualmente.

Mas será que o formato proposto para o Super Mundial de Clubes - a cada quatro anos e com 24 times - vai 'pegar' a ponto de europeus e o mundo verem o torneio como uma Copa do Mundo de Clubes? Veja o que pensam os blogueiros do UOL Esporte.

JUCA KFOURI

Quero ver para crer. Estou achando uma roubada essa coisa de classificar times com tanta antecedência por motivos óbvios. Sobreviverá, por exemplo, o Independiente Del Valle até lá?

MARCEL RIZZO

Não sei se vai pegar justamente por ser quadrienal, aqui na América do Sul vai ficar um "buraco" entre os torneios. Para os europeus vai ser a pré-temporada, por isso também não sei como essas equipes tratarão o Mundial. A Fifa colocou a primeira edição na China justamente para atrair os times da Europa que têm projetos focados no mercado chinês.

MENON

Discordo quando dizem que os clubes europeus não dão importância só Mundial. Basta ver como choram quando perdem.

PERRONE

Para o Mundial de Clubes ou qualquer outra competição "pegar" precisa de anos sendo disputado com o mesmo regulamento e número de equipes. Mudando com frequência fica difícil. Os europeus sempre querem ganhar o Mundial, mas é improvável que algum dia outro campeonato seja mais valorizado por eles do que a Champions, por toda a tradição.

PVC

Será melhor. Mais competitivo, mas menos chance para outros clubes do mundo fora da Europa. Pelo menos num primeiro momento.

Esporte