Topo

Torcida do Guarani entra em confronto com polícia antes de dérbi campineiro

Ônibus do Guarani na chegada da delegação ao estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, antes do clássico contra a Ponte Preta - Rebeca Reis/AGIF
Ônibus do Guarani na chegada da delegação ao estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, antes do clássico contra a Ponte Preta Imagem: Rebeca Reis/AGIF
do UOL

Do UOL, em São Paulo

09/11/2019 17h54

Torcedores do Guarani e policiais militares de Campinas entraram em confronto no entorno do estádio Brinco de Ouro da Princesa antes do clássico campineiro de hoje (9). Segundo informações da assessoria de imprensa da PM-SP, uma pessoa foi detida em decorrência do que foi registrado como "confusão".

Imagens reproduzidas pelo Premiere mostram torcedores em cima do ônibus da delegação do Guarani. Eles subiram no automóvel quando os jogadores já haviam descido e entrado no estádio. Do lado de dentro do Brinco de Ouro, policiais militares usavam balas de borracha, por cima do portão, para tentar dispersar os torcedores.

De acordo com informações do próprio Premiere e também da EPTV, três torcedores se machucaram e precisaram ser atendidos por ambulâncias. A PM não confirmou o estado de saúde de nenhum deles. Três policiais e um cavalo utilizado pela tropa de choque também ficaram feridos.

Horas antes, outra confusão envolvendo torcedores do Guarani nas proximidades do estádio terminou em detenção. Homens da Guarda Municipal entraram em confronto com bugrinos durante fiscalização que tinha vendedores ambulantes como alvos. Duas pessoas foram detidas em decorrência desse primeiro episódio pré-dérbi.

Guarani e Ponte Preta se enfrentam no fim de tarde de hoje, no Brinco de Ouro, pela 34ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com mando de campo bugrino, apenas torcedores alviverdes têm acesso permitido ao estádio.

Esporte