Topo

Torcedores do Inter protestam durante treino: "Acabou a paz, mercenários"

A torcida do Inter anda irritada com a fase do time na briga por vaga na Libertadores - Buda Mendes/Getty Images
A torcida do Inter anda irritada com a fase do time na briga por vaga na Libertadores Imagem: Buda Mendes/Getty Images
do UOL

Do UOL, em Porto Alegre

09/11/2019 11h33

Resumo da notícia

  • A torcida do Internacional protestou durante o treinamento do time no Beira-Rio.
  • Com cartazes, gritos e palavrões, os aficionados se postaram contra jogadores e direção.
  • Não houve invasão ou violência. A Brigada Militar foi chamada para evitar qualquer problema.
  • A atividade ocorreu com portões fechados, por isso o protesto não chegou até os atletas.

Um grupo de torcedores do Internacional realizou protesto no pátio do Beira-Rio durante o treinamento fechado do time na manhã de hoje (09). Entre gritos e palavrões, os aficionados pediram raça e mostraram faixas contra a equipe e dirigentes.

"P... tem que ter raça pra jogar no Beira-Rio", dizia uma das rimas entoadas pelos torcedores. Além disso, tinham cartazes com dizeres: "Fora Melo", contra o vice de futebol Roberto Melo, e "Acabou a paz, mercenários" e "Covardes", aos jogadores.

O movimento não chegou até os atletas, já que a atividade teve portões fechados. Os aficionados permaneceram no pátio, sob olhar dos seguranças do clube. A Brigada Militar foi chamada para evitar conflitos.

A manifestação havia sido organizada pela internet. Em seu perfil oficial, a torcida Camisa 12 convocou seus membros para mostrar sua indignação.

E o clima seguirá amanhã, na partida contra o Fluminense. A torcida promete apenas "assistir o jogo", sem qualquer cântico ou uso de instrumentos no primeiro tempo do duelo pela 32ª rodada do Brasileiro.

Esporte