Topo

Com lesão no tornozelo, Cláudia Gadelha está fora do UFC Washington

Cláudia Gadelha vence Randa Markos no card preliminar do UFC 239 - Rigel Salazar
Cláudia Gadelha vence Randa Markos no card preliminar do UFC 239 Imagem: Rigel Salazar

Ag. Fight

22/10/2019 18h17

Cláudia Gadelha está fora do UFC Washington. Em publicação na ferramenta Storie em sua conta oficial no Instagram, a brasileira revelou que está lesionada e não poderá enfrentar Cynthia Calvillo no próximo dia 7 de dezembro, na capital americana.

Segurando as lágrimas, a atleta explicou que possui uma lesão em seu tornozelo desde sua última luta, contra Randa Markos, em julho deste ano. Apesar de ter tentado se recuperar, Cláudia admitiu que o tempo não era suficiente para estar pronta para encarar Cynthia Calvillo em dezembro, e, por isso, preferiu desistir do combate e dar tempo ao UFC para encontrar uma nova oponente para a americana.

"Após a minha última luta eu tive que tirar um tempo porque eu quebrei um dedo e torci meu tornozelo. Eu tenho um ligamento rompido e uma ruptura no tendão. Eu tirei um tempo de descanso porque eu tinha que deixar meu corpo se curar. Tem mais de dois meses que eu estou tratando essas lesões, meu dedo está bem, mas meu tornozelo não está melhorando. Eu fiz tudo que eu podia para estar 100% no dia 7 dezembro, o UFC sabe, o PI (instituto de performance do Ultimate) sabe, porque eu estive lá esse tempo inteiro tratando minhas lesões, e não está acontecendo (melhorando)", descreveu.

Ela ainda continuou seu relato: "Viajei para Nova Jersey para começar o camp, essa é a minha segunda semana de camp, mas eu não estou saudável. Eu me sinto muito mal pelo que está acontecendo na minha vida. Eu peguei a luta porque eu sou uma lutadora, nós dissemos a eles que tinha tempo para eu me curar, mas a verdade é que não era tempo suficiente. Sinto que só está piorando. Então, infelizmente eu vou ter que desistir dessa luta, o que quebra meu coração, eu odeio fazer isso, especialmente porque eu respeito o UFC, respeito todas as minhas oponentes. E é por isso que tínhamos que tomar essa decisão agora. Ainda faltam seis semanas, alguém ainda pode me substituir. Estou aqui para dizer que eu sinto muito e agora eu vou deixar meu corpo se curar, cuidar das minhas lesões e fazer tudo que for possível para pisar lá (no octógono) o mais rápido possível".

Gadelha finalizou o vídeo com um desabafo: "É muito triste e me machuca muito, mas eu tenho que fazer o que é o melhor para mim no momento. Lutei mais de 20 vezes no octógono, lutei contra lesões muitas vezes, mas eu não quero fazer isso mais. Não é bom mentalmente nem fisicamente, não é saudável. Desculpem-me meus fãs, me desculpe Cynthia, o UFC vai conseguir uma adversária a sua altura, você merece isso. E eu vou estar pronta para retornar no início do ano que vem".

Sexta colocada no ranking peso-palha (52 kg) feminino, Gadelha vem de vitória sobre Randa Markos em julho deste ano, no UFC 239. Pelo Ultimate, a brasileira acumula seis triunfos e quatro reveses desde sua estreia.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Esporte