Topo

Mbappé entra, melhora PSG e faz três em goleada sobre Brugge na Champions

Mbappé fez três gols na goleada do PSG sobre o Club Brugge - TF-Images/Getty Images
Mbappé fez três gols na goleada do PSG sobre o Club Brugge Imagem: TF-Images/Getty Images
do UOL

Do UOL, em São Paulo

22/10/2019 17h53

O Paris Saint-Germain goleou o Club Brugge por 5 a 0 hoje, na Bélgica, e manteve 100% de aproveitamento no grupo A da Liga dos Campeões. Ainda sem Neymar - que já cumpriu suspensão, mas está lesionado -, os franceses contaram com dois gols de Icardi e três de Mbappé (cuja entrada no segundo tempo melhorou o time) para vencer pela terceira vez em três partidas.

Agora, o PSG soma nove pontos e lidera o grupo com grande vantagem em relação ao seu principal rival, o Real Madrid, que venceu o Galatasaray por 1 a 0 hoje e chegou a quatro na tabela. O Brugge tem dois, e a equipe turca soma apenas um ponto até o momento.

O primeiro gol parisiense saiu cedo, e o time nem mesmo precisou de seu estrelado trio para abrir o placar; afinal, além do desfalque Neymar, Mbappé e Cavani ainda estão em fase de transição após suas lesões e, por questões físicas, começaram a partida no banco de reservas.

Aos sete minutos do primeiro tempo, Di María fez o cruzamento pela direita e encontrou Icardi, que completou para o gol com frieza e de primeira. Porém, a torcida do PSG teve de esperar bastante para ver o clube ampliar a vantagem.

Isto só ocorreu graças a Mbappé, que entrou aos 7min do segundo tempo e movimentou o jogo. Aos 16, ele tabelou com Di María e apareceu para receber o cruzamento. O goleiro Mignolet chegou a desviar a trajetória da bola, mas o atacante francês testou para o gol e comemorou.

TF-Images/Getty Images
Imagem: TF-Images/Getty Images

Dois minutos depois, a fumaça dos sinalizadores pareceu ajudar o PSG. A zaga do Brugge tinha posse da bola e poderia tê-la colocado em jogo com tranquilidade, mas se atrapalhou. Atento, Di María deu o bote, e Mbappé cruzou. Icardi completou para o gol.

O hat-trick de Mbappé foi completado aos 34 e aos 38 do segundo tempo; primeiro tabelou com Bernat, com direito a toque de letra, e apareceu para receber de Di María e marcar o quarto do PSG; depois, foi acionado na correria e fechou a conta.

A entrada do camisa 7 deu mais agilidade ao PSG, que, no primeiro tempo, não conseguia fazer a bola passar bem pelo meio-campo até o ataque. No entanto, aos 21, Mbappé perdeu a chance de comemorar mais uma vez: saiu na cara do gol em contra-ataque, mas chutou para fora.

O Brugge ainda teve um gol bem anulado no segundo tempo. Diatta insistiu em uma jogada, surgiu na frente do goleiro Navas e chegou a balançar a rede, mas a arbitragem notou que o atleta havia ajeitado a bola com o braço.

Apesar dos cinco gols sofridos, o goleiro Mignolet impediu um placar ainda mais largo. Aos cinco do segundo tempo, por exemplo, ele defendeu finalização de Icardi e evitou o que, naquele momento, teria sido o segundo gol do argentino.

Esporte