Topo

Adriano Moraes mira maior bolsa da história dos moscas em luta contra Demetrious

Carlos Antunes, no Rio de Janeiro (RJ)

Ag. Fight

22/10/2019 07h00

Campeão do peso-mosca (61 kg) do One Championship, Adriano Moraes terá Demetrious Johnson na sua próxima luta, em mais uma defesa de cinturão da categoria. No último dia 12, o americano venceu o GP da divisão e, com isso, garantiu seu lugar na briga pelo título. Ciente do que esse combate pode lhe oferecer, o brasileiro, em entrevista exclusiva à reportagem da Ag.Fight, revelou que mira receber uma bonificação financeira recorde.

'Mikinho' acredita que tenha bons motivos para pleitear uma bolsa histórica para esta luta. Na organização asiática desde 2013, o peso-mosca tem um recorde de nove triunfos e apenas três derrotas. Além disso, ele sabe que se trata de uma luta contra um rival midiático e que já foi dominante no UFC por seis anos.

"Só espero que minha bolsa aumente muito mais (risos). Essa é principal coisa. Pela minha dominância de todos esses anos no One, por ele ter chegado, espero que a organização dê o valor necessário para essa luta. Já venho negociando há um tempo, tenho facilidade para tratar desse assunto com eles. Espero que seja uma das maiores bolsas da categoria dos moscas em uma luta pelo título da história do MMA", disse.

Após perder o título dos moscas do UFC, Demetrious decidiu mudar de ares e fechou com o One. Na nova casa, 'Mighty Mouse' engatou três vitórias seguidas, que lhe credenciaram para lutar pelo cinturão. Atento ao seu próximo oponente desde que ele assinou com o evento, Adriano revelou que já sonhava com esse confronto e estava na torcida pelo americano passar pelo GP. A intenção do brasileiro é mostrar quem é o melhor peso-mosca da história do MMA.

"Me sinto muito honrado e muito empolgado de poder fazer essa luta. Ele é um cara que sempre admirei, mas não tive a chance de lutar no UFC quando ele estava dominante. Tenho uma carreira sólida no One, venho dominando uns seis anos a categoria. Fiquei contente quando o One trouxe ele para a nossa divisão e agora poder enfrentá-lo será muito legal. Vou poder mostrar para o mundo, minha família e amigos que sou o melhor. Ele venceu o GP, mas só foi campeão do UFC porque eu não estava", afirmou o brasileiro de 30 anos.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Agradecer à Deus por essa vitória maravilhosa. À esse cara que sempre me motiva e segura a onda, muito obrigado Katelzão @katelkubis !!! Todos meus parceiros de treino, todos os coaches que fazem a diferença. Muito obrigado, amo todos vocês. Obrigado à todos pelo carinho e amor. Hoje fizemos história. Glória a Deus e seguimos trabalhando.??? #ONEchampionship #MakingHistory

Uma publicação compartilhada por Adriano Moraes (@moraesadrianomma) em 25 de Jan, 2019 às 11:45 PST

Mas 'Mikinho' sabe que não terá vida fácil para derrotar Demetrious Johnson, que até ser superado por Cejudo, em agosto de 2018, não sabia o que era um revés desde outubro de 2011. Para afiar seu jogo, o brasileiro está se preparando na 'American Top Team' (ATT) e valorizou a qualidade de treinos que possui na equipe.

"Assisti todas as últimas lutas dele. O Cejudo realmente levou uma certa vantagem sobre ele, mas vou continuar focando em mim e fazer meu trabalho. Estou treinando forte na ATT, tenho os melhores companheiros de treino, treinadores de altíssimo nível. Escolhi me mudar para os Estados Unidos e ir para a ATT por conta disso, por ela ter sido eleita por dois anos a melhor academia do mundo. Tem muitos campeões que treino todo dia, já treinei com ex-adversários do 'DJ', tenho os melhores atletas do jiu-jitsu para me ajudar, como o Bruno Malfacine, o Rodolfo Vieira, que é um grande amigo que fiz. Tem meu professor Rani Yahya, que também está sempre comigo. Acredito que meu grappling e minha trocação vão estar em outro nível nessa luta", completou o peso-mosca.

No MMA profissional desde 2011, Adriano Moraes tem um cartel de 18 vitórias e apenas três derrotas. O atleta tupiniquim não pisa no cage desde janeiro de 2019, quando derrotou Geje Eustaquio, por decisão dos jurados.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Esporte