Topo

Palmeiras repudia agressão contra esposa de Bruno Henrique: "Inadmissível"

do UOL

Do UOL, em São Paulo (SP)

21/10/2019 10h47

O Palmeiras emitiu uma nota na manhã de hoje (21) sobre o caso de agressão contra Behl Dietrich, mulher do volante Bruno Henrique. Na mensagem, o clube alviverde diz que repudia o ato dos torcedores e se coloca à disposição para ajudar o jogador e a família.

"A Sociedade Esportiva Palmeiras repudia veementemente o deplorável e constrangedor episódio ocorrido na saída do estádio neste domingo, após a partida contra o Athletico, em Curitiba, envolvendo a esposa do jogador Bruno Henrique e sua família", escreve o Palmeiras.

"É inadmissível que aconteçam situações lamentáveis envolvendo ataques de supostos torcedores a atletas, comissão técnica, dirigentes e seus familiares. O clube está dando todo o suporte necessário ao jogador e sua família", conclui o clube.

Segundo contou o jogador a pessoas do clube, um grupo de torcedores cercou, xingou e empurrou a mulher de Bruno Henrique, que acompanhou o empate entre Athletico e Palmeiras ao lado de outros familiares.

Relatos dão conta de que, além de Bhel, estavam também um senhor e uma criança. A reportagem entrou em contato com a assessoria do jogador, que confirmou o episódio e reiterou o discurso de agressão contra a mulher de Bruno Henrique.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Esporte