Topo

Fortaleza vira para cima do Grêmio e se afasta da zona de rebaixamento

do UOL

Do UOL, em São Paulo

19/10/2019 18h52

Neste sábado (19), Fortaleza e Grêmio abriram a 27° rodada do Campeonato Brasileiro da Série A, na Arena Castelão, e a equipe comandada pelo técnico Rogério Ceni levou a melhor, vencendo por 2 a 1, de virada, gols de Wellington Paulista e Osvaldo. O zagueiro Paulo Miranda havia aberto o placar para o clube gaúcho.

Com o resultado deste sábado, os donos da casa respiram um pouco mais aliviados. Eles foram a campo encarando situação complicada na tabela de classificação. Agora, já têm a garantia de que terminarão a rodada fora da zona de rebaixamento independentemente dos resultados do fim de semana.

Já pelo lado dos gaúchos, a escalação de uma equipe de reservas só comprova o foco total na disputa da semifinal da Libertadores contra o Flamengo. A derrota na capital cearense foi uma chance desperdiçada para encostar no G4, o objetivo que resta nesta competição.

Na próxima rodada, o Fortaleza terá um importante duelo diante do Cruzeiro. Não só a equipe mineira briga diretamente contra rebaixamento, como Rogério Ceni poderá dar o troco em seus ex-comandandos, depois de uma passagem traumática pela Toca da Raposa. O Grêmio enfrenta Botafogo, num confronto que pode ser de euforia ou de recomeço, dependendo do resultado perante o Flamengo na quarta-feira (23).

Quem foi bem: Wellington Paulista

O centroavante do Leão foi o grande nome da equipe, participando dos dois gols. No primeiro, teve ótimo tempo de bola para se antecipar à marcação e escorar com o pé, sem chances para o goleiro do Grêmio; no segundo, fez belo passe cruzado para Osvaldo, que apareceu livre para estufar as redes. O fato curioso é que o Grêmio é uma das maiores "vítimas" do experiente centroavante, que marcou seu oitavo gol contra a equipe durante sua carreira, sendo alguns deles com a camisa do Cruzeiro e do Criciúma.

Quem foi mal: defesa do Grêmio

Os erros individuais da defesa do Grêmio no primeiro tempo custaram caro e desmancharam a estratégia de tomar conta do jogo e do placar desde o início. No primeiro gol, o zagueiro David Braz perdeu na disputa com Wellington Paulista, que apenas escorou para estufar as redes, enquanto o segundo tento dos donos da casa só aconteceu porque o lateral esquerdo Juninho Capixaba não marcou corretamente a bola, que chegou aos pés de Osvaldo. O velocista, então, não perdeu a chance e virou o marcador.

Atuação do Fortaleza

A força de vontade e a capacidade de finalizar dos seus atacantes fizeram com que o Fortaleza jogasse de igual para igual contra o Grêmio, que veio para o Castelão sem seus destaques do elenco, poupados para o duelo diante do Flamengo.

Atuação do Grêmio

A equipe considerada alternativa do Grêmio até que manteve o alto nível técnico praticado pelo time de Renato por um bom tempo. Tomou conta do jogo por boa parte do tempo, buscando ter a posse de bola e usando a velocidade como principal arma para "romper" o sistema defensivo do time adversário. A estratégia deu certo nos minutos iniciais, porém erros individuais da defesa foram muito custosos, e o marcador virou a favor dos donos da casa, que usavam o contra-ataque como maneira de chegar com perigo ao ataque.

Goleiro novo

O Grêmio jogou neste sábado com o goleiro Phelipe Megiolaro, de apenas 20 anos, que fez seu primeiro jogo na equipe principal, substituindo Júlio César, que teve uma lesão muscular na panturrilha direita. Vale lembrar que o jovem arqueiro já foi chamado pelo técnico Tite para defender a seleção brasileira em fase de testes, nos amistosos contra Arábia Saudita e Argentina.

História do jogo

Mesmo sabendo que o grande jogo da temporada da equipe era o seguinte, diante do Flamengo, pela Libertadores da América, o Grêmio jogou com a mesma intensidade que costuma atuar desde a chegada de Renato Gaúcho no comando técnico e começou o confronto ditando o ritmo da partida e oferecendo poucos espaços aos donos da casa.

A agressividade do clube gaúcho deu resultado já nos minutos iniciais, quando o zagueiro Paulo Miranda cabeceou com força após cruzamento certeiro de Rafael Galhardo, sem qualquer chance para o goleiro Felipe Alves.

Os visitantes continuaram tomando conta do jogo mesmo com a vantagem no marcador, porém um erro de marcação foi o suficiente para que o Fortaleza igualasse o marcador com o centroavante Wellington Paulista, um dos grandes nomes do clube nesta edição do Brasileirão.

Após o gol de empate, o Grêmio se perdeu na partida e bobeou ainda mais minutos depois, quando o Leão virou o confronto depois de passe preciso de Wellington Paulista para seu companheiro de ataque Osvaldo.

O segundo tempo foi todo dos visitantes, mas mais pelo fato do Leão se fechar para partir em contra-ataque. Um dos destaques da reta final do confronto foi o goleiro Felipe Alves, que fez intervenções importantes e evitou que o Grêmio igualasse ou até mesmo liderasse o placar novamente na partida deste sábado.

Apoio constante

A torcida do Fortaleza compareceu em bom número no fim de tarde deste sábado, incentivando o Leão do começo ao fim, mesmo quando a equipe não atuava bem e via o adversário tomar conta do controle da partida. A euforia foi ainda maior depois que o time comandado por Rogério Ceni virou a partida em menos de dez minutos, com os atacantes Wellington Paulista e Osvaldo.

FICHA TÉCNICA
FORTALEZA 2 X 1 GRÊMIO

Campeonato Brasileiro da Série A - 27° rodada
Local:
Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro (GO)
Auxiliares: Bruno Raphael Pires (GO) e Christian Passos Sorence (GO)
VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Cartões Amarelos: Carlinhos, Marlon e Gabriel Dias (Fortaleza); André (Grêmio)
Cartão Vermelho: Rafael Galhardo (Grêmio)
Público: 26.801 e R$ 208.741
Gol: Paulo Miranda, aos nove minutos, Wellington Paulista aos 34 minutos e Osvaldo aos 40 minutos do primeiro tempo

Fortaleza: Felipe Alves; Gabriel Dias, Quintero, Paulão e Carlinhos; Felipe (Kieza), Juninho, Edinho (Nenê Bonilha) e Osvaldo; Romarinho (Marlon) e Wellington Paulista. Técnico: Rogério Ceni

Grêmio: Phelipe Megiolaro; Rafael Galhardo, Paulo Miranda, David Braz e Juninho Capixaba; Romulo, Thaciano e Michel (Patrick); Luciano (Diego Tardelli), André (Everton) e Pepê. Técnico: Renato Gaúcho

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Esporte