Topo

Conmebol anuncia Maracanã como sede da final da Libertadores em 2020

Estádio do Maracanã - Lalo de Almeida/ Folhapress
Estádio do Maracanã Imagem: Lalo de Almeida/ Folhapress
do UOL

Do UOL, em São Paulo

17/10/2019 12h40

A Conmebol anunciou hoje que o Maracanã será a sede da final da Libertadores de 2020. A entidade divulgou a informação na conta oficial do torneio. Ainda nesta quinta-feira (17), a Conmebol divulgou a escolha de Córdoba como sede da Copa Sul-Americana.

"A final única da Libertadores do ano que vem será disputada no Maracanã! É no Rio de Janeiro que mais um campeão da Copa será consagrado", postou.

Oito estádios disputaram para receber a final da Libertadores em 2020: Maracanã, Morumbi e Arena Corinthians (São Paulo), Mineirão (Belo Horizonte), Arena do Grêmio e Beira-Rio (Porto Alegre), Estádio Nacional de Lima (Peru) e Estádio Mario Kempes em Córdoba (Argentina).

A arena carioca já era apontada como favorita, mas havia uma pequena ressalva: a administração, que hoje está nas mãos de Flamengo e Fluminense. Parte da cúpula da Conmebol teme que nos próximos meses ocorra algum problema no contrato entre os clubes e o governo do Rio, proprietário de fato, o que poderia complicar a realização da partida, marcada inicialmente para 21 de novembro de 2020. As ressalvas foram deixadas para lá na decisão tomada nesta quinta-feira.

A definição foi feita pelo Conselho da entidade com base em relatório produzido pelo departamento de competições de clubes da Conmebol. O órgão é formado pelo presidente, o paraguaio Alejandro Dominguez, e os dez presidentes de confederações, incluindo Rogério Caboclo, da CBF, além dos representantes da confederação sul-americana na Fifa, entre eles o brasileiro Fernando Sarney.

A final da Sul-Americana teve menos concorrentes, quatro estádios: o Nacional de Brasília, o Unico de La Plata (Argentina) e outros dois que também estavam na briga pela Libertadores, o vencedor Mario Kempes de Cordoba e o Nacional de Lima.

Como mostrou o blog do Marcel Rizzo, a reunião ocorreria inicialmente em Quito, no Equador, mas a crise política no país, com vários protestos principalmente na capital, fez com que a entidade decidisse pela mudança de local para o prédio da Conmebol no Paraguai.

Esporte