Topo

Amanda Ribas revela inspiração em xará campeã do UFC e celebra boa fase na carreira

Carlos Antunes, no Rio de Janeiro (RJ)

Ag. Fight

17/10/2019 06h00

Amanda Ribas festejou estreia no Top 15 do peso-palha do Ultimate - Carlos Antunes

Amanda Ribas iniciou sua caminhada no Ultimate com o pé direito. Após uma vitória por finalização na estreia, a brasileira repetiu grande atuação e venceu Mackenzie Dern, no último sábado (12), no UFC Tampa. Para este último combate, a peso-palha (52 kg) se preparou na equipe 'American Top Team', onde contou com ajuda de diversos atletas que estão na organização, inclusive Amanda Nunes, campeã peso-galo (61 kg) e peso-pena (66 kg).

Na última quarta-feira, em passagem pelo Rio de Janeiro, Amanda não deixou de elogiar a sua xará em conversa com a imprensa e garantiu que a tem como principal inspiração no Ultimate. Segundo a lutadora, a 'Leoa' tem todas as qualidades que ela se inspira em uma atleta e revelou que recebeu dicas da compatriota. Além disso, vê Nunes como a melhor lutadora da história.

"Tem a Amandona e Amandinha (risos). Ela me ajudou muito, é sensacional, tem coração de ouro, muito alegre. Vejo ela como inspiração. Ela mostra que se treinar duro, chega lá e com muita alegria. A Amanda tem muita energia boa e me espelho nela nisso. Ela fala sempre para eu curtir. Já que a campeã fala que é para eu curtir, então vou curtir, ser feliz", afirmou a mineira, natural de Varginia, antes de completar a lista de qualidades da compatriota.

"Ela é boa em pé, boa no chão, boa na cabeça. Acho que ela tem uma envergadura boa, timing de luta e o faro de sangue. Ela consegue ver certinho quando a pessoa sente o golpe e vai para cima".

 

Ver essa foto no Instagram

 

UFC TAMPA!! Tão feliz, tão apaixonada pelo que faço e agradecida? @americantopteam @parrumpaatt @andersonfrancamt @marcelofamilyribas @coachevertonvv Obrigada ???? @tatipoloniato olha as pernocas! @magrasempreoficial #ufctampa #blessed? #imsohappy #ufc #ufctampa #bjj #judo #americantopteam #att #God #blessed

Uma publicação compartilhada por AMANDA RIBAS (@amandaufcribas) em 21 de Set, 2019 às 8:12 PDT

Entretanto, se tem como Amanda Nunes um espelho, não pode-se dizer o mesmo quando foi questionada sobre Ronda Rousey. A ex-campeã peso-galo aproveitou muito o sucesso dentro do octógono fora dele, trabalhando como atriz e modelo. Mas no que depender de Ribas, ela prefere manter seu foco apenas nas lutas.

"Temos que aproveitar todas as oportunidades. Mas não sei se viram que tem um vídeo meu passando agora, são apenas 20 segundos. Fiquei cinco horas gravando (risos). Acho que eu prefiro treinar (risos). Não tenho muito jeito para a coisa de modelo não", afirmou a lutadora de 26 anos.

Com o resultado positivo em Tampa, Amanda Ribas já estreou pela primeira vez no ranking dos palhas do UFC, onde ocupa o 15º posto. Por isso, brasileira festejou o reconhecimento do Ultimate por agora faze parte da lista que seleciona as melhores da categoria. A mineira, inclusive, disse não segurou a emoção quando soube da notícia.

"Eu estava no avião, sei lá como pegou a internet, resolvi olhar o 'WhatsApp' e eu vi que estava no top 15. Comecei a chorar. Fui avisar ao meu pai e ele estava dormindo (risos). Fiquei muito feliz. Só de assinar com o UFC é um sonho, aí depois quando vê na segunda luta já apareço no Top 15, fiquei muito feliz. Coloco na minha vida nunca esperar nada, dar meu melhor em tudo e não esperar na em troca. Então quando vem é só felicidade", revelou, emendando que já está lidando com o lado positivo e negativo da fama.

"Me reconheceram no aeroporto (risos). Agora não posso mais andar descabelada. Mas os seguidores do 'Instagram' aumentaram muito. Antes estava com 280 mil e agora estou com 306, em um dia. É muita coisa. Muita criança, mãe mandando vídeo. Fiquei muito feliz. Eu estava olhando o twitter e o povo é muito ruim (risos). Estava falando que a minha voz é igual a do Marlon Moraes (risos). Tenho que melhorar meu inglês, ainda tem uns 'haters' falando disso. Mas é com o tempo, estou melhorando. E também às vezes controlar as risadas (risos)".

 

Ver essa foto no Instagram

 

??UHUUUUU Obrigada obrigada obrigada! Todo trabalho duro, toda dedicação, todo não , todo choro, toda saudade, tudo, TUDO vale a pena quando se ama o que faz e quando se tem um propósito. O meu propósito, não é ser só campeã, eu quero ser exemplo. Exemplo de que se você realmente quiser algo e batalhar de todo o seu coração você PODE conseguir! As vezes não no tempo que você quer, mas continue acreditando, trabalhando, sendo correto consigo mesmo e com outros que você vai colher! E mais uma vez OBRIGADA ?? Põe um sorrisão no seu rosto e vai buscar o que é seu! #Deusétop ?? #godfirst ?? . ??UHUUUUU Thank you thank you thank you! All the hard work, all the dedication, all the no, all the crying, all the longing, everything, EVERYTHING is worth it when you love what you do and when you have a purpose. My purpose is not just to be champion, I want to be an example. Example that if you really want something and fight with all your heart you CAN achieve it! Sometimes not the time you want, but keep believing, working, being right with yourself and others that you will reap! And once again THANK YOU ?? Put a smile on your face and go get what's yours! @marcelofamilyribas @mirellylimborco @arthurribaspersonal @marcellyribas @alexdavismma @parrumpaatt @andersonfrancamt @conansilveira @danlambertatt @americantopteam @coachevertonvv @ufc_brasil @mickmaynard2 @prisbjdavis @tatipoloniato #ufc #ufctampa #ufcwoman #bjj #nogi #judo #champion #blessed #Godsplan #abencoada #grataadeus

Uma publicação compartilhada por AMANDA RIBAS (@amandaufcribas) em 13 de Out, 2019 às 5:11 PDT

Diferentemente da primeira vez em que pisou no octógono, quando venceu por finalização no segundo round, agora Amanda Ribas precisou ficar os três assaltos para confirmar mais um resultado positivo. E a brasileira mostrou que está com o gás em dia, com uma movimentação rápida e precisa na trocação. A mineira, que agora soma oito triunfos em sua carreira, afirmou que conseguiu colocar em prática tudo que tinha planejado para o confronto, mas ressaltou que esperava terminar este confronto de uma outra maneira.

"Eu achei que fui muito sábia nas minhas decisões. Porque eu via que ela às vezes sentia o golpe, mas não queria me arriscar tanto. Eu estava controlando a luta e era muito importante na minha carreira. A Mackenzie é muito importante nos Estados Unidos e com a minha vitória sobre ela eu me tornei também. Isso que eu queria conquistar. Fiz toda a estratégia e fiquei muito feliz. Eu gostaria de ter chutado bem mais, mas eu gostei. Dei queda, controlei chão. Fiquei feliz. Eu esperava que a fosse sentir mais na linha de cintura, que eu estava trabalhando bastante. Elas ela é muito dura. Falaram que ela, não estava preparada, mas estava assim. Ela é muito dura. Consegui assimilar bem os golpes. Eu queria ter nocauteado, mas calma. Quem sabe na próxima", contou.

Amanda Ribas agora tem duas vitórias em dois combates no UFC - Felipe Paranhos

Amanda não sabe o que é derrotada desde 2015 e quer aproveitar o bom momento na carreira. Porém, mantém a cautela e coloca seu futuro nas mãos do UFC. A lutadora garantiu que pretende tirar os últimos meses do ano de férias, mas já se colocou à disposição para voltar ao octógono em janeiro de 2020.

"Acho que ainda não (enfrentar uma top 10 da categoria). O UFC tem que ir com calma. Até tomei uma (bronca) para não ir pedindo luta assim, para ir com calma. Do UFC ninguém falou nada, mas foi mais a galera da equipe. O importante é eu lutar, estar lá dentro, mostrando a minha técnica. É o que eu gosto", explicou.

Em 2017, a mineira foi flagrada em exame antidoping feito pela USADA (agência antidoping americana) fora de competição. Em junho deste ano, ela foi liberada para voltar a atuar, quando estreou com vitória no UFC contra Emily Whitmire. Apesar deste caso ter ficado no passado, Ribas afirma que ainda lida com estes traumas.

"Eu me controlo muito mais na alimentação (depois deste fato). Toda vez que faço exame, mesmo sabendo que não tomei nada, fico nervosa. Falo para ficar calma, ficar tranquila. Eu sempre fico com muito medo. E a gente chega na arena e vai para a USADA direto. O nervosismo já fica ali, suo bastante e fico aquecida para a luta(risos). Mas agora estou tranquila, sei que eles vão me dar todo suporte, porque já fiz muito exame", finalizou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Esporte