Topo

Presidente do Cruzeiro minimiza crise no clube: "somos uma grande família"

do UOL

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

16/10/2019 21h36

Resumo da notícia

  • Presidente Wagner Pires concedeu entrevista após longo tempo longe dos microfones
  • Mandatário minimizou a chegada de Perrella como novo gestor de futebol do clube celeste
  • Crítico ferrenho da atual diretoria, Perrella comanda o futebol desde a saída de Itair Machado
  • Itair Machado e Sérgio Nonato deixaram o clube recentemente e eram homens de confiança do presidente

Presente no Mineirão para a partida do Cruzeiro contra o São Paulo, o presidente Wagner Pires de Sá falou sobre as recentes saídas no departamento de futebol do time celeste e a relação com Zezé Perrella, novo gestor de futebol. Wagner minimizou a situação nos bastidores e classificou o cenário do Cruzeiro como uma 'grande família'.

"Nós somos uma grande família, na hora do aperto todos nós damos as mãos, abraçamos e procuramos, em conjunto, vencer essas dificuldades. Sempre foi assim e será sempre assim. O Cruzeiro é uma grande família. O Perrella faz parte desta grande família que vem de longas e longas datas", comentou o mandatário, que não tinha boa relação com Perrella, presidente do Conselho Deliberativo e um dos críticos da atual gestão.

"Perrella e eu nos damos bem há cerca de 40 anos. Mais do que isso, talvez. Isso é uma jogada política, faz parte da política do futebol. Normalmente, tratamos lá dentro", acrescentou Wagner Pires.

Wagner também foi questionado sobre as recentes saídas de Sérgio Nonato e Itair Machado, diretor-geral e vice-presidente de futebol, respectivamente. Ambos faziam parte da chapa de Wagner desde as eleições presidenciais e eram homens de confiança do presidente, mas deixaram o clube após forte pressão interna e externa.

"A (rescisão) do Serginho um pouco antes, pouco tempo atrás, dois ou três meses, e o Itair agora saiu. Ele mesmo concordou que precisava de dar um descanso. Ele estava sendo muito pressionado, de certa forma foi bom para ele e vamos seguir em frente", encerrou o presidente.

Esporte