Topo

Lesão de Alexis Sánchez poderá afastá-lo por até três meses, diz Rueda

Alexis Sanchez sofre lesão durante jogo da seleção do Chile - Javier Barbancho/Reuters
Alexis Sanchez sofre lesão durante jogo da seleção do Chile Imagem: Javier Barbancho/Reuters

em Alicante (Espanha)

14/10/2019 15h16

A lesão que o atacante chileno Alexis Sánchez sofreu durante o amistoso diante da Colômbia, no sábado, em Alicante, poderá deixá-lo fora dos gramados por até três meses. A afirmação foi feita hoje pelo técnico da 'Roja', o colombiano Reinaldo Rueda.

O jogador da Inter de Milão deixou o campo pouco antes do fim da partida, que terminou empatada, após uma contusão no tornozelo que também o deixará fora do amistoso que o Chile disputa amanhã contra Guiné, também em Alicante.

A preocupação se instalou na 'Roja', já que a contusão poderá colocar em dúvida a presença de Sánchez até março do próximo ano, quando começam as Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo do Catar-2022.

"É preciso ver qual diagnóstico vão fazer no clube, porque ele é determinante para nós. Se há cirurgia podemos perdê-lo de dois a três meses, mas podem ser semanas; isso depende do clube que é dono do jogador", explicou o técnico.

Sánchez deixou a concentração chilena e viajou a Milão, onde a Inter deverá divulgar uma informação oficial acerca da gravidade de sua lesão.

"Para nós Alexis é muito importante; para a Inter, é um a mais. Se ele se machuca, compram outro", acrescentou Rueda.

O sorteio das eliminatórias sul-americanas será realizado no dia 3 de dezembro na cidade de Cartagena, no norte da Colômbia.

Esporte