Topo

Grêmio goleia o Atlético-MG e entra no G6 do Campeonato Brasileiro

do UOL

Do UOL, em Porto Alegre

13/10/2019 20h57

O Grêmio entrou no G6 do Campeonato Brasileiro. Hoje (13), no estádio Independência, os comandados de Renato Gaúcho venceram o Atlético-MG por 4 a 1, pela 25ª rodada da competição e desbancaram o Internacional do grupo de classificação à próxima Libertadores.

Os gols foram de Galhardo, Pepê, Maicon e Alisson para o Tricolor. Di Santo fez para o Galo. Com 41 pontos, o time gaúcho passa a ocupar o sexto lugar. Já os mineiros têm 31, em 11º, e vivem crise. O técnico Rodrigo Santana tem cargo ameaçado e pode ser demitido.

O Grêmio encara o Bahia na próxima rodada. O jogo será na quarta-feira, em Porto Alegre. Já o Atlético-MG visita o CSA no mesmo dia.

Foi bem: Pepê desestabiliza defesa do Galo

Substituto de Everton, o atacante Pepê foi quem desestabilizou a defesa do Galo. Com velocidade e conclusão qualificada, o jogador marcou um gol e esteve sempre presente em momentos de área.

Foi mal: Wilson falha em gol e "brica" com atacante

O goleiro Wilson errou no primeiro gol da partida. Uma tentativa de cruzamento acabou acertando a trave, ele, e entrou. Mas o lance não abalou a moral do goleiro do Galo. No segundo tempo, quando recebeu um recuo, driblou perigosamente o atacante André.

O jogo do Grêmio: Tricolor abre o placar com "gol sem querer"

O Grêmio não conseguiu impor seu futebol no início da partida. Sem a mesma posse de bola que mantém normalmente, o time de Renato Gaúcho viu o Atlético-MG crescer e empilhar conclusões. Quando era fragilizado na partida, porém, Tricolor conseguiu abrir o placar com gol "sem querer". Galhardo, pela direita, tentou cruzar, mas a bola deu na trave e no goleiro Wilson antes de entrar. Na frente, o Grêmio cresceu e chegou ao segundo ainda na etapa inicial, com Maicon, de pênalti. E mesmo que tenha levado um susto com gol de Di Santo, viu o resultado mais tranquilo logo no início do segundo tempo com gol de Pepê. Alisson fechou o placar no fim do jogo.

Jogo do Atlético-MG: Galo é pressionado pela torcida

O Atlético-MG bem que tentou imprimir um ritmo ofensivo na partida. Mas depois de empilhar chances perdidas, o time mineiro se viu atrás no marcador com um lance fortuito. Em diante, se perdeu, e quando esteve "nas cordas", descontou. Após consultar o VAR, o árbitro marcou pênalti de Galhardo em Luan. "Eu achei que não foi pênalti. Teve contato, mas ele deu. O André também caiu e nem olharam o VAR. Tem que ser para os dois lados", reclamou o lateral gremista. Di Santo marcou na cobrança. A ideia era sair ao ataque de vez na etapa complementar. Mas o gol de Pepê esfriou os ânimos, fez a equipe perder a cabeça e tudo ainda ficou mais difícil após a expulsão de Cazares. Sem forças, a derrota foi inevitável.

Cronologia da partida

Rafael Galhardo abriu o placar para o Grêmio aos 33 do primeiro tempo. Maicon fez o segundo, de pênalti, aos 43. Di Santo, do Atlético-MG, também de pênalti, descontou aos 48 da etapa inicial. Mas Pepê marcou com um minuto de segundo tempo, e aos 50 do segundo tempo Alisson definiu o placar.

Pressão e confusão da torcida

A torcida do Atlético-MG mostrou toda sua irritação com elenco. Durante o segundo tempo, posicionaram-se próximo ao local que os reservas faziam aquecimento e xingaram muito os jogadores. Inclusive houve relato de objetos arremessados no campo e torcedores retirados pelos seguranças do estádio.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 1 X 4 GRÊMIO
Data
: 13/10/2019 (Domingo)
Local: estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira
Auxiliares: Danilo Simon Manis e Neuza Inês Back
Cartões amarelos: Cazares, Geuvânio, Luan, Natan (CAM);
Cartões vermelhos: Cazares (CAM)
Gols: Galhardo, do Grêmio, aos 33 minutos do primeiro tempo; Maicon, do Grêmio, aos 43 minutos do primeiro tempo; Di Santos, do Atlético-MG, aos 48 minutos do primeiro tempo; Pepê, do Grêmio, com um minuto de segundo tempo; Alisson, do Grêmio, aos 50 minutos do segundo tempo;

ATLÉTICO-MG
Wilson; Patrick, Réver, Igor Rabello e Hulk; Natan, Elias (Geuvânio), Marquinhos (Vinícius), Cazares e Luan; Di Santo (Alerrandro).
Técnico: Rodrigo Santana

GRÊMIO
Paulo Victor; Galhardo (Paulo Miranda), David Braz, Geromel e Cortez; Michel, Maicon (Luciano), Alisson, Luan e Pepê; André (Thaciano).
Técnico: Renato Gaúcho

Esporte