Topo

Milton Leite e Lédio Carmona detonam empate do Brasil com Senegal

Daniel Alves, durante amistoso da seleção brasileiro contra Senegal - Lucas Figueiredo/CBF
Daniel Alves, durante amistoso da seleção brasileiro contra Senegal Imagem: Lucas Figueiredo/CBF
do UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

10/10/2019 12h50

O empate da seleção brasileira com Senegal, em 1 a 1, irritou Milton Leite e Lédio Carmona. Após transmitir o amistoso no SporTV, a dupla, em participação no Redação, detonou a atuação do time de Tite, assim como as coletivas pós-jogo de Thiago Silva e Daniel Alves.

"Na verdade, a gente levanta cedo e tem que passar por isso", soltou o narrador.

"Acho que a questão não é só resultado. A gente não pode esquecer que, no primeiro tempo, o Brasil deu dois chutes a gol. Um time como Brasil, que tem pretensões mundiais, não pode dar dois chutes a gol contra Senegal. E, com todo respeito ao Thiago Silva, que falou que estão estudando a seleção brasileira. Isso se faz desde que a bola é redonda", completou.

Na sequência, Lédio Carmona endossou o discurso do colega. Chamando a atuação brasileira de 'medíocre', o comentarista se irritou com as falas de Dani Alves e Thiago Silva após o apito final.

"Não sei o que me irritou mais, a atuação medíocre de seleção, mais uma, ou as entrevistas no final. Acho que foram as entrevistas. A primeira, do Daniel Alves, que reclamou do fuso horário de 11h. Quem marcou um amistoso com fuso de 11h foi a CBF e seu parceiro, então, tem que reclamar com a CBF. Fala com quem marcou o jogo", opinou Lédio.

"E o Thiago Silva viu um jogo totalmente diferente, dizendo que Senegal esteve na retranca. Senegal teve mais posse de bola, mais alternativa, repertório e bola na trave. Brasil tem dificuldades de se explicar quando não ganha o jogo. Tite, por exemplo, disse que o Brasil foi muito melhor que a Bélgica em Kazan. Foi até melhor no segundo tempo, mas não foi muito melhor, como ele adora repetir. Os dois jogadores foram mal nas entrevistas. Do Daniel Alves, sobre o fuso horário e a análise do Thiago Silva completamente deturpada sobre o que foi o jogo, Senegal foi melhor que o Brasil", concluiu o comentarista.

Chegando ao terceiro jogo consecutivo sem vitória, a seleção brasileira permanece em Singapura para encarar, neste domingo, às 9h, a Nigéria.

Mais Esporte