Topo

Corey Anderson acusa Jon Jones de evadir-se: "Sabe que serei a maior ameaça"

Ag. Fight

10/10/2019 07h00

Ainda não se sabe quando e contra quem Jones defenderá seu cinturão - Rigel Salazar

Sem competir desde julho - quando venceu Thiago 'Marreta' -, Jon Jones atualmente trava uma verdadeira guerra virtual com Israel Adesanya, campeão dos pesos-médios (84 kg). No entanto, essa postura, de acordo com Corey Anderson, faz parte da estratégia de 'Bones' para evitar um contra o atual número sete do ranking dos meio-pesados (93 kg).

Atleta com potencial e em ascensão na categoria, 'Overtime', como é conhecido, já deixou bem claro o desejo em enfrentar o rei dos meio-pesados do Ultimate. Em entrevista ao site 'TMZ Sports', Corey provocou Jones ao afirmar que o campeão sabe do risco que enfrentaria dentro do octógono em um possível duelo entre os dois, além de acusar Bones de evitar o embate.

"A essa altura, ele está me evitando. Apareci em uma de suas sessões de autógrafo, ele quis fazer piadinhas e tudo mais. Então eu andei em direção a ele para dizer algumas coisas para ele, e ele chamou a segurança. Ele sabe como é. Sabe que estou aqui, que sou o cara. Ele sabe que serei a maior ameaça para ele", acusou Corey, antes de mandar uma mensagem provocativa para o campeão.

"Sr. Jon Jones, vá em frente, mantenha o trono quentinho para mim, bebê. Mantenha meu assento quente porque estou chegando e estou pronto para isso", completou o americano.

Mas para pensar em disputar o cinturão do UFC, Anderson tem que, primeiro, confirmar a boa fase em seu próximo compromisso na liga. O americano encara Johnny Walker no dia 2 de novembro, no UFC 244, em Las Vegas (EUA). Após os triunfos precoces e até mesmo conquistados com certa facilidade, o brasileiro é apontado como uma das sensações da categoria até 93 kg.

Mais Esporte