Topo

Provocado, F. Melo ofende torcida do Santos e ironiza: "Não enchem estádio"

do UOL

Do UOL, em São Paulo

09/10/2019 23h15

Felipe Melo voltou a chamar a atenção por atitudes que não têm muito a ver com seu talento. Foi uma jornada de vários atritos do volante com a torcida do Santos hoje, na derrota do Palmeiras por 2 a 0 na Vila Belmiro. O volante ouviu provocações da torcida adversária, irritou-se, xingou alguns alvinegros na saída para o intervalo, fez gestos obscenos e, em campo, acabou levando cartão amarelo que o deixou suspenso no Campeonato Brasileiro. Como se não bastasse, ao final do jogo, ele ainda ironizou os santistas.

"Ambiente? Tem 11 mil pessoas, pô! Em um clássico eles não conseguem encher o estádio, um clube mítico como esse aqui. Não tem condição de eu falar de uma torcida que...", disse Melo ao Esporte Interativo, fazendo um gesto como se não estivesse escutando.

Ciente de seu comportamento intempestivo, a torcida do Santos pegou no pé de Felipe Melo durante boa parte do jogo. "Não é mole não, Felipe Melo afundou a seleção", cantavam setores da Vila Belmiro. Então o jogador resolveu discutir com torcedores e fez gestos obscenos ao deixar o gramado para o intervalo.

Mas não foi pelo gestual que ele levou seu cartão amarelo. A punição saiu aos 18 minutos da etapa final. Ele parou Carlos Sánchez em contra-ataque e por isso foi advertido pelo árbitro Flavio Rodrigues de Souza e virou desfalque no Palmeiras para o jogo contra o Botafogo.

É o nono cartão amarelo de Felipe Melo neste Brasileirão, o que corresponde a três jogos perdidos por suspensão. O volante está fora da partida das 21h (de Brasília) deste sábado (12), no estádio do Pacaembu.

Esporte