Topo

Cejudo cita impasse financeiro com UFC e indica preferência pelo peso-galo

Ag. Fight

09/10/2019 13h17

Henry Cejudo possui 15 vitórias e apenas duas derrotas em seu cartel - Dan Wainer

Atual campeão peso-mosca (57 kg) e peso-galo (61 kg) do UFC, Henry Cejudo - que se recupera de cirurgia no ombro - ainda não sabe qual cinturão irá defender em sua próxima luta. Antes de decidir sobre seu futuro, o americano afirmou, à emissora americana 'ESPN', que pretende renegociar sua situação financeira com a organização. Além disso, o atleta revelou que, caso precise escolher um título para manter, a categoria até 61 kg lhe parece mais interessante para seguir sua trajetória.

O lutador, que projeta seu retorno ao octógono para o início de 2020, declarou que não está satisfeito com seus rendimentos, em comparação com outros atletas importantes do plantel do UFC. Enquanto não tem seu pedido por um aumento salarial atendido, Cejudo segue sem saber qual cinturão defenderá em sua próxima luta. Ainda que Dana White - presidente do Ultimate - já tenha declarado que o campeão precisa defender seu título até 57 kg em breve, sob o risco de ser destituído de seu posto, 'Triple C' não demonstrou preocupação e indicou que seu futuro está ligado ao peso-galo.

"Eu não quero tomar uma decisão até que eu esteja 100% saudável e eu tenha uma reunião com o UFC. Eu tenho dois cinturões. Eu sei quanto Daniel (Cormier) fatura. Não quero entrar nisso porque é uma conversa que eu tenho que ter com meu chefe e a organização. Eu sou uma lenda, e eu tenho que começar a receber esses números como uma lenda. Para dizer, no mínimo, eu quero um número. Quero um número e há opções para mim. Afastar-me por um tempo do esporte", apontou Cejudo, antes de comentar sobre a ameaça de Dana White e seu futuro como campeão nas duas divisões.

"Tudo bem (sobre ser obrigado a desistir do cinturão peso-mosca). Eventualmente eu vou ter que deixar um cinturão. É estressante segurar duas divisões de peso. Não quero esse estresse. Então, eu vou ter que escolher, e (o título) até 61 kg parece mais tentador. Tem mais cor, você não tem que cortar tanto peso, mas ainda tenho uma derrota em meu cartel para Joe (Joseph Benavidez) e isso incomoda um pouco. Obviamente temos o Joe (Benavidez) até 57 kg e tem dois caras que eu gostaria de enfrentar até 61 kg: Dominick Cruz e potencialmente Frankie Edgar. Eu quero outra lenda", concluiu o bicampeão do UFC.

Em sua última aparição no octógono do UFC, Henry Cejudo derrotou o brasileiro Marlon Moraes, em junho deste ano, pelo UFC 238, conquistando o cinturão peso-galo da organização. A última derrota do americano aconteceu em dezembro de 2016, justamente para Joseph Benavidez, apontado como seu provável próximo adversário.

Mais Esporte