PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ex-capitão da seleção alemã, Schweinsteiger anuncia aposentadoria

08/10/2019 15h04

Berlim, 8 Out 2019 (AFP) - Bastian Schweinsteiger, campeão do mundo com a Alemanha em 2014 e em seguida capitão da 'Mannschaft', anunciou nesta terça-feira que está pendurando as chuteiras, por meio de uma mensagem nas redes sociais.

"Dizer adeus enquanto jogador ativo me faz sentir um pouco nostálgico, mas eu fico entusiasmado com os trabalhos apaixonantes que me esperam em breve. Seguirei fiel ao futebol", tuitou o jogador de 35 anos, que encerrou sua carreira na MLS americana, jogando pelo Chicago Fire.

"Sem dúvida foi um dos maiores jogadores que a Alemanha já teve", declarou nesta terça-feira o técnico alemão Joachim Löw, na véspera do amistoso de quarta-feira em Dortmund entre Alemanha e Argentina.

"Foi um grande jogador, com uma personalidade forte", acrescentou o técnico, lembrando que "todos nós ainda temos na memória a imagem da final da Copa do Mundo de 2014", quando ele continuou jogando contra a Argentina apesar de ter seu rosto ensanguentando após sofrer uma pancada.

Apelidado de 'Schweini', este ex-atacante transformado em meia e que encerrou sua carreira como zagueiro central nos Estados Unidos, vestiu a camisa da seleção alemã em 121 ocasiões, nas quais marcou 24 gols.

Entre seus títulos com a Mannschaft se destaca a Copa do Mundo de 2014 e duas vezes terceiro colocado (2006 e 2010), além de ser vice-campeão da Europa em 2008.

Após o título mundial no Brasil ele herdou a braçadeira de capitão, que manteve até deixar a seleção de seu país em 2016.

Em clubes, jogou a maior parte de sua carreira no Bayern de Munique, clube no qual conquistou a Liga dos Campeões em 2013, oito títulos da Bundesliga e sete copas da Alemanha.

Em 2016 Schweinsteiger assinou com o Manchester United, com o qual conquistou a FA Cup este ano e a Copa da Liga em 2017.

Schweinsteiger disputou sua última partida no último domingo, na vitória do Chicago sobre o Orlando City por 5 a 2.

cpb/mcd/iga/aam

Esporte