Topo

Avaí vence, deixa a lanterna e impõe 6ª derrota seguida do Atlético-MG

do UOL

Do UOL, em Belo Horizonte

23/09/2019 21h58

O Avaí venceu o Atlético-MG por 1 a 0 na noite de hoje, no estádio da Ressacada. Em jogo que ainda teve pênalti defendido por Cleiton, os catarinenses contaram com gol de Jonathan para garantir a vitória pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro 2019.

Os catarinenses estão agora na vice-lanterna do torneio nacional, com 16 pontos conquistados, acima da Chapecoense, que tem 14. O Galo chega ao sexto revés consecutivo pela competição nacional e cai para a décima posição, com 27.

Na quinta-feira, os mineiros entrarão em campo contra o Colón, da Argentina, pela volta da semifinal da Sul-Americana 2019. Fora de casa, foi derrotado por 2 a 1.

Quem foi bem: Jonathan

Jonathan foi decisivo na vitória do Avaí sobre o Atlético-MG, na noite de hoje, na Ressacada. Escalado como titular, o atacante marcou o único gol do confronto e ainda sofreu um pênalti no primeiro tempo do confronto. Ele marcou de cabeça após rebote de Lucas Hernández em uma finalização do próprio centroavante. Na sequência, tentou jogada individual na grande área e foi derrubado por Leonardo Silva. A arbitragem marcou pênalti sobre o jovem.

Quem foi mal: Leonardo Silva e Lucas Hernández

Leonardo Silva foi muito mal na Ressacada. Substituto de Réver, poupado pela comissão técnica, o veterano fez uma partida muito abaixo do que se esperava. Ele cometeu pênalti em Jonathan, defendido por Cleiton, e foi presa fácil para os homens de frente do Avaí. O zagueiro ainda cometeu erros na saída de bola.

Lucas Hernández também fez um jogo bem abaixo do convencional no Galo. O uruguaio errou lances bobos, sobretudo no primeiro tempo e deu brechas para o Avaí criar boas jogadas em suas costas. Os principais equívocos do atleta foram na saída de bola durante a primeira etapa.

Cleiton pega primeiro pênalti pelo Atlético-MG

Titular do Atlético desde que Victor foi afastado por conta de uma tendinite no joelho direito, o jovem Cleiton pegou um pênalti pela primeira vez como profissional do clube. O goleiro defendeu a cobrança de Pedro Castro, aos 35 minutos do primeiro tempo, dando a seu time a esperança de ao menos buscar um empate na segunda etapa. Não aconteceu.

Guga, o lateral, é vaiado pela torcida do Avaí na volta à Ressacada

Calma: não estamos falando do tenista Gustavo "Guga" Kuerten, ex-número um do mundo, que é torcedor do clube catarinense. Aqui, trata-se do lateral direito de mesmo apelido, que, embora tenha nascido no Rio de Janeiro, foi revelado pelo Avaí. Comprado pelo Atlético-MG por R$ 7,5 milhões, Guga foi titular contra a ex-equipe na Ressacada. O público, no entanto, não deu a melhor recepção ao defensor. Pelo contrário. Ele foi bastante vaiado pela torcida que compareceu ao estádio.

Avaí aposta em contra-ataque e bola aérea para balançar a rede

O Avaí não buscou a posse de bola como meio de controlar o jogo em sua casa. A equipe procurou, mesmo, jogar em contra-ataques, além de investir na bola aérea. A velocidade de Jonathan, centroavante do time, foi bastante utilizada no sistema adotado por Alberto Valentim. O atacante, inclusive, participou do lance que culminou no gol do time, aos 27 minutos do primeiro tempo. Na ocasião, ele cabeceou após escanteio cobrado pelo lado esquerdo do ataque e estufou a rede de Cleiton.

Atlético-MG tem posse de bola, mas não consegue criar perigo

A ineficiência ofensiva segue acompanhando o Atlético em 2019. O time voltou a apresentar dificuldades para balançar as redes do Avaí. Com mais posse de bola — 63% contra 37% —, o time de Rodrigo Santana apenas trocou passes no campo de ataque. No entanto, não apresentou a eficiência ou agressividade necessária para levar perigo à meta de Vladimir. Juan Cazares, Geuvânio e Bruninho foram bem marcados e pouco se movimentaram no setor de criação.

Ficha técnica
Avaí x Atlético-MG

Motivo: 20ª rodada do Brasileirão
Local: Ressacada, em Florianópolis (SC)
Data: 23 de setembro de 2019 (segunda-feira)
Horário: às 20h (de Brasília)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa/GO) e Jean Marcio dos Santos (RN)
VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)

Cartão amarelo: Léo, Lourenço, Ricardo (Avaí); Leonardo Silva (Atlético-MG)

Gol: Jonathan - 27'/1ºT (1-0)

Avaí
Vladimir; Léo, Ricardo, Betão e Igor Fernandes; Pedro Castro, Lourenço (Jonny Mosquera), Richard Franco, Matheus Barbosa (João Paulo) e Caio Paulista (Gustavo Ferrareis); Jonathan.
Técnico: Alberto Valentim.

Atlético-MG
Cleiton; Guga, Igor Rabello, Leonardo Silva e Lucas Hernández; Ramón Martínez, Nathan, Geuvânio (Luan), Juan Cazares (Rómulo Otero) e Bruninho (Maicon Bolt); Alerrandro.
Técnico: Rodrigo Santana.

Esporte