Topo

Palmeiras abre returno contra rival goleado na estreia; veja o que mudou

Provável titular hoje, Zé Rafael brilhou no jogo do primeiro turno com dois gols e uma assistência - Marcello Zambrana/AGIF
Provável titular hoje, Zé Rafael brilhou no jogo do primeiro turno com dois gols e uma assistência Imagem: Marcello Zambrana/AGIF
do UOL

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

22/09/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Na primeira rodada do Brasileiro, Palmeiras goleou Fortaleza por 4 a 0
  • Desde então, os dois times já mudaram treinador e peças do elenco
  • Jogo do primeiro turno teve adeus de Ricardo Goulart e brilho de Zé Rafael
  • Bola rola a partir das 16h deste domingo, no Castelão

O Palmeiras abre hoje (22), a partir das 16h, no Castelão, sua caminhada no segundo turno do Campeonato Brasileiro contra o Fortaleza, adversário que foi atropelado na primeira rodada por 4 a 0 no Allianz Parque. Mas o treinador Mano Menezes e os jogadores sabem que muita coisa mudou desde então - inclusive o próprio comando técnico das duas equipes. A postura do lado alviverde é esquecer o que já passou e manter o foco para continuar perseguindo a liderança.

Naquela partida, em 28 de abril, o Palmeiras ainda era comandado por Luiz Felipe Scolari e estava se recuperando da eliminação no Campeonato Paulista para o São Paulo, ocorrida no início do mês. A goleada sobre o Fortaleza marcou o começo de uma arrancada espetacular no Brasileirão, com sete vitórias e um empate nas oito primeiras rodadas, e a liderança isolada antes da parada para a Copa América.

O jogo também marcou o adeus de Ricardo Goulart com a camisa do Palmeiras. O então camisa 11 lesionou o joelho ainda no início da partida e deu lugar a Zé Rafael, que acabou sendo o destaque da partida com dois gols e uma assistência. Goulart, que já vinha sofrendo com problemas físicos desde sua chegada, não entrou mais em campo pelo Verdão até rescindir seu contrato um mês depois e voltar ao Guangzhou Evergrande, da China.

No time titular do Palmeiras, algumas peças também eram diferentes. Luan era titular absoluto ao lado de Gustavo Gómez, formando uma dupla que chegou a ficar mais de 1.000 minutos sem sofrer gols atuando junta; hoje, ele perdeu espaço com a chegada de Vitor Hugo. Já no ataque, Deyverson era o preferido incontestável de Felipão, mas atualmente ele disputa apenas o posto de terceira opção de Mano, atrás do titular Luiz Adriano e do reserva imediato Borja.

Ricardo Goulart machucou o joelho contra o Fortaleza no 1º turno; foi seu último jogo pelo Palmeiras - Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
Ricardo Goulart machucou o joelho contra o Fortaleza no 1º turno; foi seu último jogo pelo Palmeiras
Imagem: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Do lado do Fortaleza, a principal mudança foi a troca de treinador: saiu Rogério Ceni, que tinha um modelo de jogo mais baseado em posse de bola e troca de passes, e veio Zé Ricardo, que fará apenas seu sexto jogo no comando do Tricolor. Alguns jogadores também mudaram, como o zagueiro Roger Carvalho, que está com lesão no joelho e não joga mais em 2019, e o atacante Júnior Santos, que foi vendido para o Kashiwa Reysol, do Japão.

O Fortaleza ainda não poderá contar com o atacante Felipe Pires, que está reemprestado pelo Palmeiras (o jogador pertence ao Hoffenheim, da Alemanha) e ficará fora da partida por questão contratual. Conhecido por estudar muito cada adversário, Mano Menezes já fez um raio-X do que o Verdão pode esperar desse novo Fortaleza.

"O Zé, como técnico inteligente que é, também aproveitou muitas coisas que estavam lá estabelecidas pelo Rogério. O time continua tentando sair bem, com bola tocada de trás, e variou um pouco o posicionamento. Nos últimos jogos, tem feito duas linhas de quatro e dois na frente. Não sei se vai manter porque perdeu o Wellington Paulista [suspenso], um jogador com característica muito específica", analisou Mano.

"Também vai ter que substituir o Felipe Pires, que estava fazendo a jogada pela beirada, mas tem Edinho e Romarinho que são jogadores de força e que podem fazer. Está há três rodadas sem vencer e já começa um pouco de pressão aumentada, porque é assim que funciona, mas tem feito bons jogos na sua casa. É um time que cria muitas oportunidades, e a gente não pode deixar isso acontecer", completou.

Fortaleza x Palmeiras

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 22 de setembro de 2019 (domingo)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Silbert Faria Sisquim (RJ)
VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)

Fortaleza: Felipe Alves; Tinga, Quintero, Jackson e Carlinhos; Felipe, Gabriel Dias e Juninho; Romarinho, Osvaldo e André Luís. Técnico: Zé Ricardo

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Gustavo Scarpa; Willian, Zé Rafael (Carlos Eduardo) e Luiz Adriano. Técnico: Mano Menezes

Mais Esporte