Topo

Tribunal turco condena Arda Turan por briga com cantor em casa noturna

11/09/2019 12h15

ANCARA (Reuters) - O meia campista Arda Turan, emprestado pelo Barcelona ao time turco Basaksehir, foi condenado a 2 anos e oito meses de prisão por disparar uma arma para causar medo e pânico, posse ilegal de armas e lesão intencional.

Mas o tribunal adiou o cumprimento da sentença, o que significa que Turan não será preso a menos que cometa um crime nos próximos cinco anos.

Turan se envolveu em uma briga com o cantor turco Berkay Sahin em uma casa noturna de Istambul no final do ano passado, quando quebrou o nariz do artista. Mais tarde, Turan foi ao hospital com uma arma que disparou contra o chão, causando pânico.

O Basaksehir disse que multou o jogador de 31 anos em 432.548 dólares por causa do incidente.

Turan trocou o Atlético de Madri pelo Barcelona por 37,45 milhões de dólares em 2015, conquistando quatro troféus, atuando em 55 partidas e marcando 15 gols no time catalão.

Ele jogou com a Turquia 100 vezes e marcou 17 gols por sua seleção.

(Por Ece Toksabay)

Mais Esporte