Topo

Organizadas levam lista de dispensa e cachaça em protesto no CT do Cruzeiro

Torcida voltou a protestar em frente à Toca - Reprodução/Internet
Torcida voltou a protestar em frente à Toca Imagem: Reprodução/Internet
do UOL

Do UOL, em Belo Horizonte

11/09/2019 16h53

Pelo terceiro dia seguido, torcedores organizados do Cruzeiro realizaram protestos contra alguns jogadores e membros da atual diretoria. Assim como aconteceu na tarde de ontem, eles compareceram novamente à Toca da Raposa. Desta vez, as manifestações contaram com uma lista de dispensa e até garrafas de cachaça.

Uma das faixas levava a seguinte mensagem: "Thiago Neves, Edilson, Egídio, Robinho, Henrique, Pedro Rocha, Ariel Cabral, Jadson. Some do Cruzeiro junto com essa diretoria que está levando o time do Cruzeiro para as páginas policiais. Prêmio para vocês, 11 garrafas de cachaca que está aqui, pode pegar (sic)". As garrafas foram colocadas em frente ao portão principal da Toca da Raposa II.

O único membro do clube que teve apoio unânime dos torcedores foi o técnico Rogério Ceni. Outra faixa pedia até que o treinador tirasse os medalhões do time para tentar fazer o clube superar a crise.

Para evitar o contato com os torcedores, os jogadores do Cruzeiro chegaram ao CT mais cedo. Enquanto o protesto estava marcado para acontecer a partir das 13h, os atletas já estavam na Toca cerca de uma hora antes. Na tarde de ontem, alguns deles tiveram que utilizar uma rota alternativa para entrar no CT.

Mais Esporte