Topo

Justiça bloqueia R$ 1,7 milhão do Cruzeiro em processo de 10 anos

Volante Fabrício durante treino do Cruzeiro em 2010 - Washington Alves/Vipcomm
Volante Fabrício durante treino do Cruzeiro em 2010 Imagem: Washington Alves/Vipcomm
do UOL

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

11/09/2019 04h00

Em um período turbulento dentro de campo, com o técnico Rogério Ceni e veteranos do elenco, como Thiago Neves, em rota de colisão, e fora dele, com problemas financeiros, o Cruzeiro ganhou um problema que começou há 10 anos. O agente Claudio Gombata moveu uma ação para cobrar valores referentes à contratação do volante Fabrício pelo Cruzeiro, em 2008. A justiça deu ganho de causa e o empresário receberá R$ 1.730.112,94. O valor está bloqueado nas contas do clube mineiro e será repassado ao empresário.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, acesse a coluna De Primeira.

Mais Esporte