Topo

Torcedor que caiu do anel superior do Morumbi recebe alta em São Paulo

Torcedor recebe atendimento após cair da arquibancada, durante partida entre São Paulo e Grêmio, no Morumbi - MARCELLO FIM/O FOTOGRÁFICO/ESTADÃO CONTEÚDO
Torcedor recebe atendimento após cair da arquibancada, durante partida entre São Paulo e Grêmio, no Morumbi Imagem: MARCELLO FIM/O FOTOGRÁFICO/ESTADÃO CONTEÚDO
do UOL

Lucas Faraldo

Do UOL, em São Paulo

01/09/2019 15h16

O torcedor do São Paulo Iago de Melo Rios, de 23 anos, recebeu alta na manhã de hoje (1º) do Hospital do Campo Limpo, na Zona Sul de São Paulo. Ele havia caído do anel superior do estádio do Morumbi na manhã de ontem (31) durante o empate entre o Tricolor paulista e Grêmio, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A informação foi confirmada ao UOL Esporte pela assessoria de imprensa da Secretaria Municipal da Saúde. O torcedor ficou em observação de ontem para hoje e, não constatada qualquer lesão ou problema grave, foi liberado menos de 24 horas depois de cair de uma altura de aproximadamente 25 metros.

Igor se desequilibrou e caiu do anel superior ao inferior, onde atingiu a torcedora G.S.A., de 13 anos, que assistia à partida. Ela também foi encaminhada para um hospital da região e recebeu alta na manhã de hoje.

Ainda durante o jogo, o São Paulo publicou nota à imprensa informando que os torcedores estavam conscientes já quando recebiam os primeiros socorros nas arquibancadas. Antes de serem levados aos hospitais, ambos foram encaminhados de ambulância ao ambulatório do próprio estádio.

Esta não é a primeira vez que o Morumbi registra queda de torcedor das arquibancadas. Em 2017, antes de um jogo entre São Paulo e Corinthians, pelo Campeonato Paulista, o são-paulino Bruno Pereira da Silva caiu também do anel superior e morreu antes mesmo de chegar ao hospital.

Em 2016, durante um jogo contra o Atlético-MG pela Libertadores, uma grade do anel inferior cedeu e provocou a queda de vários torcedores no fosso do estádio. Em tal ocasião, a partida foi paralisada, diferentemente do duelo de hoje entre São Paulo e Grêmio.

Mais Esporte