Topo

Santos abre 3 a 0, cede empate ao Fortaleza e vê liderança em risco

do UOL

Do UOL, em São Paulo

25/08/2019 17h57

O Santos tinha tudo para se recuperar no Campeonato Brasileiro na tarde de hoje (25), mas viu o Fortaleza reagir de forma impressionante na Vila Belmiro. Após abrir 3 a 0 no primeiro tempo, o time de Jorge Sampaoli cedeu o empate para os visitantes e chegou ao terceiro jogo seguido sem vitória na competição.

O time da casa saiu na frente com gols de Marinho, Jorge e Eduardo Sasha e foi para o intervalo com vantagem confortável. No segundo tempo, porém, o Fortaleza chegou à igualdade com Wellington Paulista, duas vezes, e Tinga.

Com o resultado, o Santos vai a 33 pontos e pode ser alcançado por Palmeiras e Flamengo, que ainda jogam na sequência da rodada. O São Paulo, que também vinha em perseguição ao time da Vila Belmiro, perdeu para o Vasco neste domingo. Já o Fortaleza foi a 18 pontos e está na 15ª posição.

O próximo compromisso do Santos na competição é contra a Chapecoense, no sábado (31), na Arena Condá. No dia seguinte, o Fortaleza recebe o Goiás no Castelão.

Cronologia do jogo

O que parecia ser um triunfo tranquilo acabou em decepção para o Santos. A equipe saiu na frente logo no primeiro minuto com Marinho e dava indícios de que venceria sem sustos. A impressão foi aumentada quando Jorge marcou aos nove e Sasha ampliou aos 31 minutos do primeiro tempo. O time alvinegro foi com vantagem confortável para o intervalo, mas viu o cenário mudar no segundo tempo. Wellington Paulista, primeiro de pênalti e depois aproveitando um cruzamento para dentro da área, recolocou a equipe visitante na partida. Nos acréscimos, Tinga igualou para o Fortaleza.

O melhor: Wellington Paulista e Jorge

O atacante Wellington Paulista foi decisivo em um momento que o Fortaleza já parecia batido. Ele marcou os dois gols que deram ânimo ao time, que chegaria ao empate aos 49 minutos do segundo tempo.

Pelo lado do Santos, Jorge teve grande atuação no primeiro tempo. A começar pelo golaço em um chute de rara felicidade no começo da partida. Ele ainda deu uma assistência para o gol de Sasha com lançamento milimétrico do campo de defesa.

O pior: Aguilar

A reação do Fortaleza começou com um pênalti cometido por Aguilar em uma jogada que poderia ter sido evitada pelo zagueiro. O lance culminou no primeiro gol dos visitantes e mudança do panorama da partida.

Santos tem início avassalador, mas vacila no segundo tempo

O Santos mostrou eficiência no começo do jogo para abrir vantagem na Vila Belmiro. Não só pelo gol no primeiro minuto e 3 a 0 antes do intervalo, mas também pela boa atuação do trio ofensivo formado pelos homens de ataque. Marinho e Sasha, com um gol cada, e Evandro deram velocidade ao setor com troca de passes e movimentações que garantiram a superioridade na primeira metade do confronto.

No segundo tempo, porém, o time acabou diminuindo o ritmo e viu a reação do adversário. A equipe desperdiçou chances que poderiam ter liquidado o jogo.

Fortaleza reage após início ruim

Seja qual fosse a estratégia do Fortaleza antes do jogo, ela foi prejudicada no primeiro minuto. O gol sofrido logo no início do duelo comprometeu os planos da equipe, que faz o seu segundo jogo sob o comando de Zé Ricardo. Em menos de dez minutos, a desvantagem já era de 2 a 0 e o time se viu completamente envolvido pelo bom jogo santista no primeiro tempo. Os visitantes pouco conseguiram trabalhar ofensivamente e não levaram perigo ao gol de Éverson.

O cenário, no entanto, mudou no segundo tempo. Com dois gols de Wellington Paulista, a equipe acordou para uma partida que já parecia perdida. Na volta do intervalo, o time passou a incomodar mais o Santos, que não repetiu a atuação da primeira etapa. No fim, o esforço foi recompensado com Tinga igualando o placar.

Marinho volta ao time titular com estrela

De volta ao time titular depois de seis jogos, Marinho precisou de apenas um minuto para justificar a escolha do técnico Jorge Sampaoli. Foi dele o primeiro gol do confronto. O atacante ainda deu bastante trabalho pelo lado direito do ataque e atuou pelos 90 minutos, o que não acontecia desde 6 de junho, quando o Santos perdeu para o Atlético-MG nas oitavas de final da Copa do Brasil.

Santos vê sequência negativa aumentar

O tropeço em casa foi o terceiro seguido do Santos no Brasileiro. Antes do empate contra o Fortaleza, a equipe vinha de derrotas para São Paulo e Cruzeiro. A sequência negativa põe a liderança em risco, já que o Flamengo pode igualar os mesmos 33 pontos do time da Vila Belmiro caso vença o Ceará na sequência da rodada. Nos critérios de desempate, no entanto, o Rubro-Negro ficaria com a ponta da tabela.

FICHA TÉCNICA

SANTOS 3 X 3 FORTALEZA

CAMPEONATO BRASILEIRO - 16° RODADA
LOCAL:
Vila Belmiro, em Santos (SP)
ÁRBITRO: Rodrigo D'Alonso Ferreira (SC)
AUXILIARES: Helton Nunes e Alex dos Santos (SC)
VAR: Rafael Traci (SC)
CARTÕES AMARELOS: Carlos Sánchez , Jorge e Marinho (Santos); Juninho, Felipe e Carlinhos (Fortaleza)
GOLS: Marinho ao 01 minuto ,Jorge aos 09 minutos e Eduardo Sasha aos 31 minutos do primeiro tempo (Santos); Wellington Paulista aos 14 e 22 minutos do segundo tempo e Tinga aos 49 minutos do segundo tempo (Fortaleza)

SANTOS: Éverson; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Aguillar e Jorge; Alison, Diego Pituca e Evandro (Carlos Sánchez); Marinho, Eduardo Sasha (Jean Mota) e Soteldo (Derlis González). Técnico: Jorge Sampaoli

FORTALEZA: Felipe Alves; Tinga, Quintero, Jackson e Carlinhos; Gabriel Dias (André Luis), Juninho, Felipe, Edinho (Osvaldo) e Romarinho (Felipe Pires); Wellington Paulista. Técnico: Zé Ricardo

Mais Esporte