Topo

Ceni aponta falta de opção no ataque do Cruzeiro: "Temos poucos jogadores"

do UOL

Do UOL, em Belo Horizonte

25/08/2019 22h57

Rogério Ceni espera a chegada de reforços ao Cruzeiro. Depois do empate por 1 a 1 com o CSA, na noite de hoje, o técnico não esconde que quer um jogador a mais para o ataque. O treinador espera que a diretoria busque um atleta para atuar pelo lado do campo.

A intenção de Ceni é que o Cruzeiro se reforce com um atleta veloz que tenha capacidade de atuar pelo lado do gramado.

"Tive uma surpresa logo no início, Pedro Rocha teve um mal-estar, colocamos Robinho como volante e adiantamos o Thiago (Neves). Ganhamos qualidade técnica, mas perdemos velocidade. No segundo tempo começamos mal, até melhoramos, mas uma infelicidade, uma bola que o Edilson tirou para o alto, a bola volta, uma série de acidentes que levaram para esse resultado", declarou o novo treinador cruzeirense.

"Os jogadores de mais cadência, a ausência do Pedro, eu conversei com ele no intervalo, ele disse que se em último caso, se eu precisasse? Mas não poderíamos correr risco de perdê-lo, porque em matéria de velocidade, temos poucos jogadores", acrescentou sobre a queda de produção e voltando a se queixar da ausência de nomes para o ataque.

O Cruzeiro tem, hoje, três opções para jogar pelo lado do campo no setor ofensivo. David, Pedro Rocha e Marquinhos Gabriel desempenham a função. Ainda há um jovem da base que pode ser usado. Welinton foi promovido ao time profissional por Rogério Ceni.

Mais Esporte