Topo

Inter se reúne com Federação e torcida cria campanha para liberar Guerrero

Paolo Guerrero pode perder o jogo de volta da semifinal e uma final da Copa do Brasil - Ricardo Duarte/Inter
Paolo Guerrero pode perder o jogo de volta da semifinal e uma final da Copa do Brasil Imagem: Ricardo Duarte/Inter
do UOL

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

14/08/2019 10h45

O Internacional se reuniu, na tarde de ontem, com a Federação Peruana de Futebol. Pelo diretor executivo, Rodrigo Caetano, foi entregue um pedido para que Paolo Guerrero não seja convocado para os amistosos contra Equador e Brasil. No entanto, o presidente da entidade, Agustín Lozano, disse que dependerá do técnico Ricardo Gareca.

Segundo informou a Federação, a escolha ou liberação dos jogadores parte diretamente do treinador. Gareca está na Europa e retornará para conversar pessoalmente com o centroavante. No bate-papo, a situação será explicada.

Se for chamado para os jogos contra equatorianos e brasileiros, ambos nos Estados Unidos, Guerrero estará fora da partida de volta da semifinal da Copa do Brasil contra o Cruzeiro. E perderia, também, uma eventual decisão.

Paolo Guerrero e Ricardo Gareca conversaram recentemente. O jogador, porém, terá um novo bate-papo com o treinador para explicar a situação. Conforme informou o UOL Esporte na coluna De Primeira, o atleta se vê em uma situação delicada, pois entende sua importância para a seleção e pretende disputar a próxima Copa do Mundo, ao mesmo tempo que também reconhece o valor de jogar as partidas decisivas pelo Inter.

Enquanto isso, a torcida do Inter tomou as redes sociais com a campanha #LigaGuerrero. A meta é solicitar que o jogador ligue para o técnico e consiga a liberação dos amistosos da seleção. A hashtag esteve entre os assuntos mais comentados do Twitter entre a noite de ontem e a manhã de hoje.

O Inter ainda solicitou apoio à CBF e utiliza o exemplo do técnico Tite, que não convocará jogadores envolvidos na Copa do Brasil e na Libertadores para os amistosos do Brasil na mesma data Fifa.

Mais Esporte