Topo

Jesus reprova protesto no Flamengo: "paixão pelo clube não é isso"

do UOL

Do UOL, no Rio de Janeiro

21/07/2019 18h45

Após o empate por 1 a 1 contra o Corinthians, o técnico Jorge Jesus elogiou o poder de reação da equipe, ressaltou que o time está crescendo jogo após jogo sob seu comando.

Apesar da análise sobre o jogo, o português gastou parte do tempo de sua coletiva para falar do protesto de alguns vândalos quando o elenco embarcou para São Paulo.

O comandante não viu razão para a ação e defendeu seus jogadores, especialmente Diego, que foi alvo número 1 da ira destas pessoas.

"Não havia justificativa após ser eliminado nos pênaltis. Se são Flamengo, que mostrem que gostem dos jogadores. Não há mundo sem jogador. O palco é dentro do campo. Fora do palco, acabou. Eu já tinha passado do embarque, achei que os torcedores estavam lá para apoiar. Se são Flamengo, a paixão pelo clube não é isso.

O time dá uma pausa no Brasileiro e volta suas atenções para a Libertadores. Na quarta (24), a equipe encara o Emelec, às 21h30 (de Brasília), em Guayaquil.

Mais Esporte