Topo

Diego evita protestos no Flamengo e mira Libertadores: "o bicho vai pegar"

do UOL

Do UOL, no Rio de Janeiro

21/07/2019 19h34

Alvo de um grupo no embarque do Flamengo para São Paulo, o meia Diego se recusou a falar especificamente sobre o protesto antes do voo rubro-negro para a capital paulista.

Após o empate por 1 a 1 contra o Corinthians, o meia preferiu se concentrar em temas referentes ao campo e projetou o jogo de quarta contra o Emelec, 21h30, pela Libertadores.

O camisa 10 rechaçou de forma categórica um eventual favoritismo do Fla, embora tenha falado que a confiança para na classificação é das mais altas na Gávea.

"Não vamos falar de favoritos em Libertadores, o bicho vai pegar. Ninguém chega em fase decisiva por sorte", garantiu.

O rubro-negro apontou evolução no time treinado por Jorge Jesus e garantiu que a equipe está no rumo certo:

"Enfrentamos uma grande equipe e fomos superiores em alguns momentos. É notório que estamos melhorando. A expectativa é muito alta e temos de saber lidar. Mas sempre lembrando que o futebol é uma matemática, existe um processo. Estamos dando passos à frente. O momento do título vai chegar".

O Flamengo não retorna ao Rio e permanecerá em São Paulo. A equipe treina no CT do Corinthians antes de embarcar para o Equador.

Mais Esporte