Topo

Advogado de Najila muda estratégia, critica TVs e pede acareação com Neymar

do UOL

Felipe Pereira

Do UOL, em São Paulo

2019-06-20T04:04:00

20/06/2019 04h04

O caso Neymar ganhou um novo rumo a partir de segunda-feira (17), quando a modelo Najila Trindade desembarcou em São Paulo com o quarto advogado desde que acusou o jogador de estupro. Ela autorizou o representante a pedir à Polícia Civil uma acareação com o atacante.

A atitude é incomum porque a lógica é a Delegacia de Defesa da Mulher proteger a suposta vítima. Ficar frente a frente com o investigado é o contrário deste princípio. Mesmo assim, o advogado Cosme Araújo Santos protocolou o pedido ontem. O UOL Esporte consultou a assessoria de Neymar sobre o pedido, mas não houve manifestação.

Outra mudança de postura de Najila é o tratamento de seu advogado com a imprensa. A modelo apareceu em uma entrevista exclusiva para Roberto Cabrini quando estava com o terceiro advogado. Cosme Araújo vai em outra linha e criticou emissoras de TV aberta. Os alvos incluem, nominalmente, o apresentador da Band José Luís Datena e o comentarista de polícia da Record Percival de Souza, além das emissoras Record e RedeTV.

A ofensiva ainda contou com a entrega de um vídeo de um programa de televisão em que uma mulher aparece dizendo que foi ameaçada. Laryssa Oliveira contou ao "A tarde é Sua", da RedeTV, que foi ameaçada por Neymar por causa do término com a então namorada Bruna Marquezine - ela teria sido o pivô da separação. Laryssa é influenciadora digital e sua assessoria foi procurada, mas não quis se manifestar.

Reprodução/SBT
Imagem: Reprodução/SBT

Najila presta depoimento surpresa

A prova de que a atuação de Najila ia mudar ocorreu em um depoimento surpresa na terça-feira. Ela estava intimada pela 11ª Delegacia de Polícia, onde estão os casos do arrombamento no apartamento e o boletim de ameaça que o porteiro do condomínio fez contra a modelo, a comparecer. A polícia a esperava à tarde, mas ela entrou no local ainda de manhã na 6ª Delegacia da Mulher, onde o caso de estupro está sendo investigado - as duas delegacias são no mesmo terreno.

Najila repetiu a narrativa do estupro e esclareceu alguns pontos, como o que aconteceu com o celular que conteria o vídeo com a segunda noite com Neymar em Paris. Sua presença pegou a delegada de surpresa porque a modelo não era esperada para uma segunda declaração. O Ministério Público, que entrou no caso na segunda semana de investigação, precisou destacar uma promotora às pressas para o local.

A modelo falou por três horas e seguiu direto para a outra delegacia. Saiu sem conversar com a imprensa. Mas o advogado dela concedeu duas entrevistas coletivas e usou um novo discurso. Repetiu sempre que possível que Neymar é o poderoso, rico e milionário que está sendo confrontado por uma mulher normal. O argumento de que o atacante é o investigado era constante nas frases.

Reprodução Twitter
Imagem: Reprodução Twitter

Mudança na estratégia veio tarde

A lógica é não deixar pergunta sem resposta porque o advogado vê a cliente sofrendo um massacre na opinião pública. Para ele, as versões que estão sendo divulgadas são injustas com a modelo. A mudança de estratégia, acertada ou não, pode ter acontecido muito tarde. O inquérito policial está quase no final.

Quando Najila apareceu para o depoimento surpresa, a delegada Juliana Bussacos já havia ouvido todas as pessoas que julgava necessárias para elucidar o caso. Também havia recebido todos os laudos das perícias solicitadas. As únicas demandas eram algumas diligências, termo policial que pode designar qualquer ato de uma investigação. O depoimento de Najila tomou todo o dia e mudou o cronograma.

Mas a nova estratégia também pode ser tarde porque quase todos os elementos a constarem no inquérito foram colhidos. E o UOL Esporte ainda apurou que os três advogados que antecederam Cosme Araújo Santos teriam agido mais para ganhar a batalha da opinião pública em detrimento da apuração policial.

Saiba quem é quem no caso Neymar

UOL Esporte

Mais Esporte